Tamanho do texto

Com o tema estado laico, a parada tem diversas atrações confirmadas e promete muita novidade pelas ruas de São Paulo e em eventos relacionados

A Parada SP, marcada para o dia 18 de junho, vai levar novidade para a Avenida Paulista e outras ruas de São Paulo. Com o tema estado laico, o evento vai reunir apresentações circenses e teatrais, homenagens e muitos nomes famosos. 

Leia também: Programação do 21º Mês do Orgulho LGBT na cidade de São Paulo é divulgada

Paulette Pink será mestre de cerimônia do Trio Skol na Parada SP
Divulgação
Paulette Pink será mestre de cerimônia do Trio Skol na Parada SP


Heitor Werneck, diretor artístico da Parada SP , dá detalhes da programação e ressalta que a ideia do evento é se tornar cada vez mais inclusivo para todos os gêneros e grupos da sociedade. Veja o que você vai ver na parada deste ano e em eventos relacionados: 

Na Avenida Paulista

Uma das novidades da parada é que, pela primeira vez, ela será teatralizada e todos estão convidados a participar. "Como o tema é estado laico, estamos fazendo um chamamento para todos os grupos religiosos participarem do evento. Eles podem se inscrever no site e cada carro vai ser a representação de uma religião", explica Heitor. 

Ele conta ainda que a concentração, no vão livre do Masp, no meio da Avenida Paulista, será regida por ciganos. No local acontecerá um grande baile com música e dança típica. Além disso, o folcore também estará presente no evento. 

Atrações confirmadas

A mestre de cerimônia do Trio Skol será a drag queen Paulette Pink . A cantora Daniela Mercury também será um dos destaques e estará no carro ao lado da artista. A drag queen Tchaka será a mestre de cerimônia da Parada SP.

Daniela Mercury é uma das atrações confirmadas da Parada SP 2017
Leon Rodrigues/ Secom
Daniela Mercury é uma das atrações confirmadas da Parada SP 2017

Heitor ainda fala que a festa deste ano terá muito circo, teatro e homenagens. "A Parada vai começar com espetáculo circense da Troupe Gueza. Eles farão um cortejo de arlequins com as cores do arco-íris, se equilibrando em pernas de pau", detalha o diretor. Ainda estão previstas várias interações do mesmo grupo ao longo do desfile em pontos como o Conjunto Nacional, na esquina com a Rua Augusta. 

Na parte teatral do evento, a novidade é que haverá uma apresentação, feita por artistas do grupo Satyros, em frente a cada um dos carros. Essas perfomances vão falar sobre amor, homoafetividade, nudez, religão e estado laico. 

A Parada ainda terá uma grande homenagem às vítimas de homofobia, lesbofobia e outros tipos de violência por questões de gênero. Essa apresentação será em frente ao Cemitério da Consolação. 

Para encerrar o evento, mais um espetáculo, agora sobre transição. Para completar, a trans Viviany Beleboni  fará uma apresentação com o tema militarização da religião. 

Feira da Diversidade

Além da Parada SP, São Paulo será palco de mais uma edição da  Feira da Diversidade , no dia 15 de junho, no Anhangabaú. Por lá os ciganos também vão marcar presença pela primeira vez, expondo sua cultura. 

Parada SP pretende reunir mais de dois milhões de pessoas
Fotos Públicas
Parada SP pretende reunir mais de dois milhões de pessoas

Paulette Pink também terá seu espaço na feira, com uma exposição dos figurinos que a drag usou ao longo da carreira. 

Drag queens do passado e personalidades da noite paulistana também serão lembrados em uma espécie de cabaré que irá reviver a noite paulistana. Para completar, novos talentos vão se apresentar no palco. 

A agenda do Mês do Orgulho LGBT, que será encerrado pela Parada SP 2017, ainda inclui ciclo de debates , cãominhada, Prêmio Cidadania em Respeito à Diversidade, Jogos da Diversidade e muitas atrações.  

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.