Tamanho do texto

Maior parada da diversidade do mundo traz consigo uma série de feiras e festas para enaltecer a cultura LGBTI+; veja a programação do fim de semana

Confesso que estou morrendo de inveja de quem está aí no Brasil e vai poder aproveitar as festividades da maior  Parada da Diversidade  do mundo. Neste domingo, São Paulo receberá a 23ª edição do desfile, que terá como tema “50 anos de Stonewall - Nossas conquistas, nosso orgulho de ser LGBTI+”, que marca o início da história de luta e de manifestações por direitos  LGBT  no mundo.

Leia também: Criminalização da homofobia: por que é racismo e a igreja não pode nos atacar?

drags Mulher Pepita, Lia Clarck, Pabllo Vittar, Glória Groove e Aretuza Lovi
Victoria Haus/Divulgação
Mulher Pepita, Lia Clarck, Pabllo Vittar, Glória Groove e Aretuza Lovi estão confirmadas em diversos eventos ao longo do fim de semana

A marcha na Avenida Paulista deve ser prestigiada por cerca de 3 milhões de pessoas, que acompanharão o trajeto de 18 trios elétricos, das 10h às 18h. Todo o desfile será transmitido ao vivo pelo YouTube, com o apoio de canais que sempre levantaram a bandeira dos LGBTs, como a galera do Diva Depressão, Mandy Kandy, Spartakus Santiago e a drag Lorelay Fox.

drag queen  Tchaca e a madrinha do desfile, a apresentadora Fernanda Lima, iniciam a programação do domingo, em frente ao Masp. De lá, saem os primeiros trios, dedicados a movimentos sociais de Famílias, Centro de Cidadania Casa Florescer, Assembleia Latino Americana de Cidades Arco-Íris, Transcidadania, Secretaria Municipal de Direitos Humanos, ONG AHF (AIDS Helthcare Foundation) de Saúde, Museu da Diversidade Sexual e APOGLBT-SP.

Os últimos trios da parada são os que trazem as atrações mais esperadas pelo público. O trio da Burger King vem com a principal artista internacional deste ano, a Spice Girl Melanie C, que divide o microfone com a cantora Lexa e o grupo As Donas. No carro da Avon, a animação é por conta das drags Gloria Groove e Aretuza Lovi e as cantoras Luísa Sonza e MC pocahontas.

O trio da Amstel será comandado pela musa Iza, enquanto o da Uber terá shows de Mateus Carrilho, Candy Mel, Bia Ferreira, Lia Clark, Jaloo, Karol Conká, Mulher Pepita e Alinne Rosa. Para quem não quiser ir para o chão, o camarote oficial do evento trará DJs e a apresentação da rainha do axé Daniela Mercury. 

Mais eventos

Mas não é apenas no domingo que a farra está garantida. Até o desfile, São Paulo terá a agenda preenchida por outras festas e eventos, como o Milk Shake Festival, que terá a diva Pabllo Vittar como principal atração no sábado (veja guia de festas abaixo).

Spice Girl Melanie C
ANSPressSocietyNews/Flickr
Spice Girl Melanie C anima festa de abertura e um dos trios da parada

No sábado, ainda estão programadas a Marcha das Lésbicas (Av. Paulista); a Feira LGBT+ de Quadrinhos (POC CON) - das 10h às 19h, no Osaka Naniwa-Kai; e a Roda de Conversa com aurores LGBT+ - das 18h às 20h, na Livraria Cultura Conjunto Nacional. Tudo com acesso gratuito.

Para discutir a relação da religião com a diversidade, será realizada a primeira edição do Congresso Igrejas e Comunidade LGBT+, na Paróquia da Santíssima Trindade (Praça Olavo Bilac), de quinta a sábado, das 9h às 17h. Já na sexta-feira, às 19h, rola a 19ª edição do Prêmio Cidadania em Respeito à Diversidade LGBT, no Audio (Avenida Francisco Matarazzo, 694).

Atrás de uma peça de teatro? O musical Somos tão jovens volta aos palcos, dessa vez no Teatro Décio de Almeida Prado (Rua Lopes Neto, 206, Itaim Bibi), no sábado (21h) e domingo (19h), com ingressos a R$ 30. 

CURIOSIDADE

Só para esclarecer: a parada é, antes de tudo, um ato político. Por mais que muita gente chame o evento de "Parada Gay", o termo correto é "Parada da Diversidade", pois estamos na rua para lutar pelos direitos e visibilidade não só dos gays, mas também das lésbicas, bissexuais, transgêneros, queers, intersexuais e todas as pessoas abraçadas pela sigla LGBTQI+. Por isso, nosso símbolo maior é bandeira do arco-íris, qua abraça toda a diversidade das cores. 

Confira o calendário das prides no Brasil e mundo afora

cantoras Claudia Leitte e Alinne Rosa
Fred Pontes/Divulgação
Enquanto Claudia Leitte faz show na sexta-feira, Alinne Rosa comanda um dos trios no domingo


GUIA DE FESTAS DE SÃO PAULO 

SÁBADO (22/06)

Milkshake Festival, com Pabllo Vittar, Gloria Groove, Lia Clarck, Daniela Mercury, Gretchen e outros, a partir das 15h30

Pq. Anhembi - Av. Olavo Fontoura, 1.209, Santana. R$ 360 a R$ 760. 

V de Viadão - Rave do orgulho, das 23h59 às 7h

ZIG Club - Rua Álvaro de Carvalho, 190 

Rebobinights Hinos LGBT, às 23h

ZIG - R. Álvaro de Carvalho, 190, Centro. R$ 15 a R$ 35.  

Ursound Mega Pride, às 23h

Audio - Av. Francisco Matarazzo, 694, Água Branca. R$ 40 a R$ 120.  

Babylon Circuit Festival, com Flávio Zarza, Morais, Leanh, VMC, Dri Toscano, Liu Rosa, Rafael Starcevic, Alexandre Miron e Denis Ruiz, às 23h

The Week - Rua Guaicurus, 324, Água Branca 

Veeem Dançar, às 23h59

Bubu Lounge - Rua dos Pinheiros, 791. R$ 30 a R$ 60. 

Blue Night, com Ikaro Kadoshi e Valenttini, às 23h

Blue Space - Ria Brigadeiro Galvão, 723, Barra Funda. R$ 35 a R$ 80.  

Tokka Festival, 11 DJs, a partir das 17h

Mart Center - Rua Chico Pontes, 1500, Vila Guilherme) 

DJ e produtor Tommy Love
Instagram/Reprodução
DJ e produtor Tommy Love é uma das atrações na maratona eletrônica da The Week

FunClub Fest (Funfarra + Chá da Alice + Balaia), às 23h

Fabriketa - Rua do Bucolismo, 81, Brás 

Funtastic na Yacht Pride, às 23h

Club Yacht - Rua Treze de Maio, 703, Bela Vista

 VHS, às 23h

Cine Joia - Praça Carlos Gomes, 82, Sé  

DOMINGO (23/06) 

Que Delícia Ser Viado, com Lindsay Paulino e Gustavo Bezzi, às 19h

Zero - R. Sto. Antônio, 570, Bela Vista. R$ 30 a R$ 70.  

The Pool, com Eliad Cohen, Suri, Dani Brasil, Leandro Becker, Marcinha Eggers e Mara Borges, às 16h

The Week - Rua Guaicurus, 324, Água Branca. R$ 40 a R$ 80. 

Lia Clark na NFS, às 21h

Club Yacht - Rua Treze de Maio, 703, Bela Vista 

Gambiarra, com Penelopy Jean, às 23h

OpenBarClub - Rua Henrique Schaumann, 794, Pinheiros

Leia também: Pattaya: conheça a cidade que recebe o Circuit Gay Festival da Ásia