Tamanho do texto

Após passar pela "terapia de conversão", Seth teve de sair da casa dos pais e trabalhar para se sustentar, conseguindo ingressar à universidade dos sonhos com doações na vaquinha online e arrecadando 6 vezes mais do que a meta

Seth Owen é um jovem gay americano de 18 anos que foi rejeitado pelos pais  ao assumir sua sexualidade e teve de sair de casa, mudando para o lar de amigos. Mesmo assim, ele não desistiu do seu sonho de vida de estudar e ingressar à universidade desejada. Esse sonho pôde finalmente se tornar realidade com doações em uma vaquinha online, que arrecadou seis vezes mais do que a meta colocada para pagar a faculdade de Owen.

Com a ajuda da professora de Biologia, Seth Owen começou uma vaquinha online e conseguiu arrecadar 6 vezes mais
Reprodução/GoFundMe
Com a ajuda da professora de Biologia, Seth Owen começou uma vaquinha online e conseguiu arrecadar 6 vezes mais



Com a ajuda da professora de Biologia do jovem, a vaquinha online começou em junho no site “Go Fund Me”, antes do ano letivo começar nos Estados Unidos, e conseguiu alcançar na semana passada sua meta de US$ 20 mil (aproximadamente R$ 75 mil), mas ainda está arrecadando fundos e já chega à marca de US$ 140 mil (cerca de R$ 520 mil).

Quando a meta foi alcançada, Owen fez uma publicação no site agradecendo às doações e ao apoio dado a ele. “Meus sonhos se tornaram realidade por causa de todos vocês”, diz. “Durante esse processo, as pessoas foram muito amorosas e generosas e mostraram que Jacksonville é um lugar de apoio e tolerância”, comenta sobre os doadores da cidade na Flórida, onde nasceu.

O estudante ainda fez questão de pontuar e reafirmar os direitos da comunidade LGBT no país. Apesar de o preconceito ainda ser um problema, ele acredita que a reação entusiasmada das pessoas pela vaquinha mostra que  injustiças contra a comunidade LGBT não serão mais toleradas.

“Peço que continuem sendo aliados da forma que conseguirem, não só da comunidade LGBTQ+, mas também de todos os grupos marginalizados”, afirma. De acordo com informações da página de arrecadações, o jovem gay conseguiu ingressar na faculdade desejada, Georgetown University, no estado de Washington D.C., e começará os estudos em algumas semanas.

Leia também: Mãe de menino gay faz desabafo após ver filho ser rejeitado por amiga

A história do jovem que conseguiu ingressar na faculdade com a vaquinha online

Seth não conseguiu a bolsa na faculdade com a premissa de não ter apoio dos pais, mas entrou com a vaquinha online
Reprodução/GoFundMe
Seth não conseguiu a bolsa na faculdade com a premissa de não ter apoio dos pais, mas entrou com a vaquinha online


Após passar um ano fazendo “terapia de conversão”, os pais ultraconservadores de Owen deram, em fevereiro deste ano, um ultimato ao filho. Segundo a página no “ Go Fund Me ”, ele teria que escolher entre continuar comparecendo à igreja, que não aprovava sua orientação sexual, ou sair da casa dos pais. Pelo bem-estar próprio, Owen escolheu sair de casa e morar com os amigos.

Desde então, ele começou a trabalhar para se sustentar, já que seus pais também negaram apoio emocional e financeiro devido a suas crenças religiosas. Owen nunca abaixou a cabeça e continuou a trabalhar e estudar, tornando-se o estudante com as melhores notas da classe. O estudante tentou conquistar uma bolsa para estudar na universidade com a premissa da ausência de apoio parental e não conseguiu, mas foi possível ingressar com a vaquinha online .