Tamanho do texto

Assim como o cantor sertanejo Solimões, cujos comentários de apoio que faz nas fotos do filho gay viralizaram recentemente, muitas outras famílias mostram que a aceitação é o caminho para quem tem pessoas LGBT em casa

Para pessoas da comunidade LGBT , o momento de assumir a própria sexualidade para pessoas próximas é bastante importante, especialmente quando essas pessoas são os pais ou outros familiares. Com tanto exemplos de homofobia dentro de casa, tomar essa decisão pode ser algo difícil, e cercar-se de histórias que terminam com a  aceitação dos familiares pode deixar o momento mais tranquilo.

O cantor Solimões se tornou um exemplo de aceitação dos familiares ao viralizar com comentários nas fotos do filho gay
Reprodução/Instagram/solimoescantor
O cantor Solimões se tornou um exemplo de aceitação dos familiares ao viralizar com comentários nas fotos do filho gay


E, quando se fala em  aceitação dos familiares , o cantor Solimões, da dupla sertaneja Rio Negro e Solimões, é um bom exemplo. Recentemente, os comentários que o cantor deixa nas fotos que o filho homossexual posta no Instagram viralizaram na internet porque, em vez de rejeitar pela opção sexual, ele demonstra orgulho e afeto - especialmente nas imagens em que o rapaz aparece com o namorado.

Para inspirar famílias com LGBTs e mostrar que a vida sem preconceitos é muito mais feliz, separamos oito outros exemplos de aceitação dos familiares que rolaram neste ano: 

1. Jovem anuncia transição de gênero, e família vibra com notícia


Com a família reunida para a ceia de Natal, o estudante de administração Artur Monterisi, de 20 anos, revelou que estava passando pela transição de gênero . Em um vídeo que viralizou no Facebook, o homem trans, morador de Campina do Monte Alegre, interior de São Paulo, faz um discurso para toda a família sobre uma verdade que poderia cair "como uma bomba".

Arthur explica que, com o apoio da mãe, começou o processo de transição no início de 2017. “A partir de agora, vocês não têm uma sobrinha, uma neta e uma filha. Vocês têm um sobrinho, um neto e um filho”, disse o estudante no vídeo. Após o anúncio, a família teve a melhor reação possível, vibrando com a revelação e comemorando com frases do tipo “nasceu!” e “seja bem-vindo”.

2. Mãe liga para bar gay e pede conselho sobre o filho

Kara Coley trabalha em um bar gay nos Estados Unidos e atendeu o telefonema da mãe que pedia conselho sobre o filho
Reprodução/Facebook
Kara Coley trabalha em um bar gay nos Estados Unidos e atendeu o telefonema da mãe que pedia conselho sobre o filho


A bartender Kara Coley, que trabalha em um bar gay no Mississippi (Estados Unidos), viralizou no Facebook ao contar um caso de aceitação dos familiares a uma pessoa LGBT presenciou no trabalho. No começo deste ano, ela recebeu a ligação de uma mãe que estava tentando entender e aceitar a sexualidade do filho gay , fato inesperado e inédito em seus 17 anos de experiência no bar.

Segundo Kara, o papo começou com a mãe perguntando se aquele era um bar voltado para o público LGBT+. "Aqui é um bar para todos, mas a maioria dos clientes são gays", Kara respondeu. A conversa continuou conforme a mãe começou a pedir dicas de como não magoar o filho, que havia acabado de se assumir. "Você o aceita?", questionou Kara, e a mãe respondeu que sim, recebendo, em seguida, o conselho de que devia deixar claro o amor e o orgulho pelo filho.

3. Gêmeos decidem sair do armário juntos, e reação de mãe é reconfortante

Cooper (à esquerda) e Luc (à direita) são gays e decidiram, após muita procrastinação, sair do armário para sua mãe
Reprodução/YouTube/Coyle Twins
Cooper (à esquerda) e Luc (à direita) são gays e decidiram, após muita procrastinação, sair do armário para sua mãe


Os irmãos gêmeos Luc e Cooper Coyle, ambos gays,  compartilharam um vídeo do momento em que revelam sua sexualidade para a mãe em um chamada telefônica e encantaram milhares de pessoas com a aceitação dos familiares. No vídeo, os youtubers norte-americanos de 19 anos explicam que decidiram fazer a revelação por telefone em vez de pessoalmente para evitar que continuassem a postergar a "saída do armário".

A reação da mãe foi a melhor e mais reconfortante possível. Após os dois revelarem a sexualidade, o comentário dela foi: "Ok, mas e daí?". Além disso, ela também declarou que não vê a menor necessidade de pessoas LGBT se assumirem, já que os heterossexuais não precisam passar por situações do tipo e são aceitos naturalmente.

Confortando os filhos, ela ainda acrescentou: “Enquanto vocês estiverem felizes e souberem quem são, isso faz eu e o pai de vocês felizes também. Nós estamos felizes se vocês estão felizes. Se vocês são assim, é isso, vocês nasceram desse jeito e não são diferentes do resto do mundo. Vocês são meus bebês, amo vocês, e estaremos sempre aqui para apoiá-los”.

4. Mulher vira exemplo para mães que não conseguem lidar com filhos LGBT

Tatiana recebe mensagens de seguidores nas redes sociais sobre como lidar com filhos LGBT, tornando-se um exemplo
Reprodução/Facebook/Tatiana Ferraz
Tatiana recebe mensagens de seguidores nas redes sociais sobre como lidar com filhos LGBT, tornando-se um exemplo


Tatiana Ferraz, jornalista e professora na Faculdade Cásper Líbero, é mãe de uma menina “sapa”, apelido carinhoso que ela usa para se referir à filha lésbica, Lucília. A história inspiradora da relação entre uma "mãe muito hétero" e uma "filha muito sapa" é marcada por aceitação dos familiares e amor desde o início e, hoje, serve como exemplo para mães e pais que têm dificuldades em lidar com a sexualidade dos filhos .

Ao contrário de muitas mães, Tatiana pode afirmar que ela e a filha são bastante próximas uma da outra. “A gente é muito amiga, de fazer compras juntas e perguntar se uma foto de perfil está boa”, comenta ela em entrevista ao iGay . Para incentivar e ajudar outros pais a aceitarem a sexualidade dos filhos, ela até  criou um canal no YouTube, chamado "Relaxa, mãe", em que aborda assuntos relacionados à aceitação dos familiares aos LGBTs.

5. "Com Amor, Simon" motiva mãe a pedir perdão à filha por rejeitar sexualidade

Jade é bissexual e tem uma namorada, que a mãe nunca havia aceitado até assistir
Reprodução/Twitter/loserichie
Jade é bissexual e tem uma namorada, que a mãe nunca havia aceitado até assistir "Com Amor, Simon" no cinema com ela


Com um enredo de romance adolescente, o filme "Com Amor, Simon" conquistou não apenas o público LGBT, mas também de heterossexuas e até pais e mães. Esse é o caso de Jade, uma garota bissexual norte-americana de 18 anos, e sua mãe , cuja reação ao filme viralizou no Twitter . Na postagem, a garota contou que, quando "saiu do armário", a mãe se chateou um bocado e disse que "nunca mais olharia para ela da mesma forma".

“Eu fui chamada de nojenta e meu pai disse que eu ‘esqueceria isso com o tempo’, enquanto minha mãe tentou me forçar a ser hétero”, disse Jade no tuíte. Após assistir ao filme com a mãe em março deste ano porém, ela viu as coisas mudarem. “Ela apertou minha mão no cinema, quando Simon se assumiu para a família, e sussurrou ‘me desculpe’ para mim em lágrimas, por nunca ter me aceitado até então”, descreveu a moça.

“Quando estávamos saindo do cinema, ela ainda quis conversar abertamente sobre a minha namorada, sem ligar para as pessoas ao redor, coisa que ela não faria um ano atrás. Minha mãe me aceitou como nunca antes”.

6. Pai viraliza no Twitter ao pedir foto de namorado do filho gay

Em um ato simples, pai pediu foto de filho e namorado gay e viralizou nas redes sociais ao demonstrar aceitação ao filho
Reprodução/Twitter/ninoCachondo
Em um ato simples, pai pediu foto de filho e namorado gay e viralizou nas redes sociais ao demonstrar aceitação ao filho


Semelhante ao caso do cantor Solimões, um pai Californiano fez sucesso na web no início de abril quando manifestou de forma simples o orgulho que tem do filho LGBT . Quando alguns clientes perguntaram sobre seu filho Louis Jr. no trabalho, ele enviou uma mensagem ao rapaz, pedindo que ele enviasse uma foto junto do namorado.

Após o ocorrido, Louis narrou a história no Twitter e viralizou na rede social, passando a receber comentários de usuários emocionados com o exemplo de aceitação dos familiares. Em uma semana, o tuíte recebeu quase 7 mil compartilhamentos e cerca de 55 mil curtidas, e Louis usou a visibilidade para fazer uma declaração à família. “Vou aproveitar [a repercussão] para dizer o quanto sou agradecido por meus pais. Eu sou mais do que abençoado por ter nascido nessa vida e ter pais que me amam”.

7. Avó de jovem bissexual viraliza no Twitter com ato de gentileza

A avó da jovem bissexual, em um simples ato de gentileza, viralizou nas redes sociais ao manifestar aceitação à neta
Reprodução/Twitter
A avó da jovem bissexual, em um simples ato de gentileza, viralizou nas redes sociais ao manifestar aceitação à neta

Em fevereiro deste ano, Lexie Nobrega, bissexual de 21 anos, viralizou no Twitter ao narrar uma surpresa que recebeu da avó Hermina . Antes de sair para a Parada do Orgulho LGBT de Washington (Estados Unidos), Lexie foi surpreendida pela avó perguntando se ela precisava de alguma coisa antes de ir. Mesmo após a neta dizer que não, Hermina notou que a bandeira do orgulho bissexual que ela levaria ao evento estava amassada, e decidiu passá-la.

A avó de Lexie também acabou passando o restante das roupas que a jovem ia usar na parada, e, no tuíte, a jovem pontuou que o gesto foi simples, mas que representou muito amor e tem um grande significado para ela. Ao site "Love What Matters", ela também contou que, quando se assumiu para os avós, ficou muito nervosa e chorou, mas recebeu apenas abraços de manifestação da aceitação dos familiares.

8. Pai flagra filho fazendo tutorial de maquiagem, e reação dele viraliza

O americano Andrew Edgerton, de 18 anos, é LGBT e tem uma conta no YouTube para ensinar técnicas de maquiagem. O jovem conseguiu se tornar um youtuber de beleza, mas, em um dos seus mais recentes vídeos, o que chamou atenção não foi o tutorial de maquiagem em si, e sim o comentário feito por seu pai, que protagonizou mais um caso de aceitação dos familiares a um filho LGBT .

O trecho do vídeo que viralizou na internet mostra Edgerton gravando um tutorial especial para o mês do Orgulho LGBT, mas, em um momento, as instruções são interrompidas por Glenn, o pai do jovem. Ao flagrar o filho se maquiando, o pai elogia o rapaz: "Isso parece muito incrível". O youtuber então faz uma pausa, em grande surpresa com o comentário, abre um sorriso e responde: "Obrigado".

Em entrevista ao site “Buzzfeed”, o pai comenta a atitude: "Eu passei pelo quarto de Andrew e notei que ele estava fazendo uma maquiagem. Dei uma espiada e fiquei impressionado com o trabalho que ele tinha feito. Desde que ele começou a se maquiar, em dezembro de 2016, fiquei muito impressionado com sua capacidade de ficar com a aparência que deseja de forma tão rápida".

O jovem confessa que sentiu certa timidez ao ouvir o comentário, mas Glenn diz que fez isso porque acredita que a  aceitação dos familiares  é algo importantíssimo para alguém LGBT. “Como pai, você quer que seus filhos corram atrás das coisas pelas quais eles são apaixonados. Acredito que a paixão pelo seu trabalho é importante, e eu realmente espero que isso dê certo para ele”.

    Leia tudo sobre: amor
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.