Tamanho do texto

Após ter três filhas em um casamento com uma mulher, Ivar Mountbatten, lorde, lutou contra a sexualidade, mas acabou se assumindo em 2016 e agora anuncia seu casamento com outro homem, o 1° homoafetivo da família real

O primeiro casamento gay da família real acontecerá entre o primo da rainha Elizabeth II, lorde Ivar Mountbatten, e o diretor de serviços aéreos James Coyle. Eles se conheceram em 2016, em uma estação de esqui na Suíça, quando o lorde ainda não era assumido. A celebração vai ocorrer no final do verão no Hemisfério Norte em uma capela em Devon, na Inglaterra .

Leia também: "Histórico", diz cerimonialista do 1° casamento lésbico do Copacabana Palace

O 1° casamento gay da família real britânica acontecerá entre Ivar Montbatten (à esquerda) e James Coyle (à direita)
Reprodução/Instagram/jamescoyle8_
O 1° casamento gay da família real britânica acontecerá entre Ivar Montbatten (à esquerda) e James Coyle (à direita)


Em 2016, Mountbatten revelou, em entrevista ao “The Telegraph”, que estava em uma luta contra sua sexualidade e que o encontro com o novo parceiro foi motivo para se aceitar e se assumir. Após ter três filhas em um casamento com Penny Thompson, uma mulher cis, ele se tornou o primeiro homem gay assumido na família real .

“Ivar mudou muito desde quando ele se assumiu, ele está mais relaxado e gentil. Todo mundo diz que nunca o viu mais feliz”, diz Coyle ao jornal britânico. O diretor também foi bem recebido pelos membros da realeza, “todo mundo adora ele”, afirma o lorde, e o casamento tem a total benção da família e dos amigos próximos.

Segundo informações do jornal britânico “Daily Mail”, Penny e Coyle se dão muito bem e querem que o anúncio seja recebido com dignidade, “pelo bem das filhas”. O diretor de serviços aéreos até mesmo as considera como filhas próprias. A ex-mulher do lorde apoiou a nova união e até vai entrar na igreja com o ex-marido, algo que foi a ideia das filhas dos dois.

Os noivos decidiram que não querem cortar o bolo e também não querem ter a primeira valsa, rituais católicos tradicionais. Eles serão pronunciados casados diante de família e amigos próximos, em clima íntimo e fechado, e outros amigos chegarão posteriormente para a festa.

Leia também: Príncipe William é eleito “aliado heterossexual LGBT” do ano

Qual será o título de James Coyle?

A post shared by Ivar (@ivar_mountbatten) on


O casamento inédito e histórico levanta a questão de qual será o título da nobreza adquirido pelo noivo do lorde Ivar. Se Mountbatten se casasse com uma mulher, ela receberia o título de dama, mas os títulos de hereditariedade ainda não são válidos e utilizados para casamentos entre pessoas do mesmo sexo.

Leia também: Príncipe William estampa capa de revista gay britânica

Um projeto de lei foi introduzido em 2013 pelo lorde Lucas para fazer com que os parceiros do mesmo sexo recebessem os títulos equivalentes, que estariam disponíveis caso fossem de sexos opostos. Isso significa que Coyle se tornaria um lorde da família real , mas o projeto ainda está para ser aprovado no comitê da Inglaterra.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.