Tamanho do texto

Quando Jade se assumiu bissexual, sua mãe falou que "nunca a veria do mesmo jeito", mas, após assistir "Com Amor, Simon", pediu desculpas por isso

Com um enredo de romance adolescente, o filme "Com Amor, Simon" está conquistando um público repleto não apenas de pessoas LGBT, mas também de heterossexuas e até pais e mães. Esse é o caso de Jade, uma garota bissexual norte-americana de 18 anos, e sua mãe , cuj reação ao filme viralizou no Twitter.

Leia também: "Com Amor, Simon" inspira youtubers, e relatos de aceitação emocionam

'Com Amor, Simon' é uma comédia romântica descontraída, está conquistando diversos públicos, até pais e mães
Divulgação
'Com Amor, Simon' é uma comédia romântica descontraída, está conquistando diversos públicos, até pais e mães


Jade declarou em sua conta na rede social que levou sua mãe para assistir ao filme com ela e finalmente pode ser aceita, quatro anos depois de ter se assumido. A história de “Com Amor, Simon” emocionou as duas, o que fez a mãe pedir desculpas à filha por não ter aceitado a sexualidade dela.

“Eu assumi que sou bissexual para a minha mãe em 2014, e ela disse que nunca olharia para mim da mesma forma”, escreve Jade no Twitter. “Eu fiquei chorando no banheiro durante seis horas e toda a minha família me ignorou por dias. Eu fui chamada de nojenta e meu pai disse que eu ‘esqueceria isso com o tempo’, enquanto minha mãe tentou me forçar a ser hétero”.

Leia também: 6 coisas que não vão fazer o seu filho "virar" da comunidade LGBT

Ela conta que, depois disso, em 2016, revelou para sua mãe que estava apaixonada por uma garota que encontrou na internet. Em resposta, a mãe disse que não apoiava isso, e as duas choraram. Jade encontrou com a garota de qualquer jeito, e, em 2017, as duas se beijaram pela primeira vez.

No fim de março deste ano, porém, as coisas mudaram quando Jade assistiu ao filme com sua mãe. “Ela apertou minha mão no cinema, quando Simon se assumiu para a família, e sussurrou ‘me desculpe’ para mim em lágrimas, porque eu nunca fui aceita”, descreve a moça.

“Quando estávamos saindo do cinema, ela ainda quis conversar abertamente sobre a minha namorada, sem ligar para as pessoas ao redor, coisa que ela não faria um ano atrás. Hoje, minha mãe me aceitou como nunca antes”, afirma.

Repercussão no Twitter

Jade é bissexual e tem uma namorada, que a mãe nunca havia aceitado até assitir
Reprodução/Twitter/loserichie
Jade é bissexual e tem uma namorada, que a mãe nunca havia aceitado até assitir "Com Amor, Simon" no cinema com ela


O primeiro tuíte da sequência de Jade, em que conta toda essa história, recebeu mais de 92 mil compartilhamentos e curtidas de outros usuários, com inúmeras mensagens de apoio e desabafos. A jovem até tuitou sobre as várias mensagens que tem recebido de forma privada e prometeu responder a todas. “Eu sinto muito por qualquer pessoa que não está recebendo tanta aceitação quanto eu estou agora na minha vida”, diz.

Leia também: Filmes LGBT: confira os oito grandes clássicos do cinema

Outro usuário ainda aproveitou a história para comentar sobre a importância do filme. “Não me diga que representatividade não é importante, porque é muito [para casos como esse acontecerem]”. E Jade também reconhece isso, dizendo ser muito grata pelo filme e todo o amor que "Com Amor, Simon" proporcionou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.