Tamanho do texto

De lésbica, gay e bissexual a pansexual, polissexual e dois-espíritos, nova sigla LGBT abrange 16 definições diferentes, de acordo com ativistas ingleses

O movimento LGBT é conhecido pela luta a favor da representatividade na sociedade. No entanto, muitas pessoas ainda não se sentem representadas pela sigla, havendo a necessidade de estabelecer novos termos. Assim, surgiram denominações como pansexual, intersexual e queer, por exemplo. Para contemplar tudo isso, na Inglaterra, ativistas estabeleceram uma recentemente a  sigla  LGBTQQICAPF2K+. Aí veio o debate: uma sigla tão extensa é necessária ou gera confusão? 

Leia também: O que ninguém nunca explicou para você sobre o movimento LGBT

Na Inglaterra, o movimento LGBT incrementou a sigla tradicional da comunidade com novas letras e definições, em prol da representatividade
Shutterstock.com
Na Inglaterra, o movimento LGBT incrementou a sigla tradicional da comunidade com novas letras e definições, em prol da representatividade

Há algumas semanas o assunto tem sido discutido nas redes sociais e o iGay também entrou na questão. Conversamos com estudantes universitários brasileiros que fazem parte da comunidade do movimento LGBT para saber a opinião deles. 

A maioria afirma que não há necessidade de todas as letras. Mauricio, bissexual de 18 anos, acredita que a representatividade pode aumentar por causa das letras, “mas será que vai mudar alguma coisa?” Para Juliana, 22 anos e bissexual, “é esse tipo de coisa que deslegitima o movimento como um todo”. Miguel, estudante gay de 19 anos, afirma: “acho LGBT+ melhor, afinal a sigla tem propósitos políticos e precisa ser sucinta”. 

Há também que defenda o uso de siglas extensas como adotada na Inglaterra. É o caso de Ana, bissexual de 19 anos, que concorda que é justo adicionar letras para que cada vez mais pessoas se sintam representadas. Mesmo assim, ela faz uma ressalva. Talvez o momento não seja o ideal para essa mudança. "Não agora, pois pode enfraquecer o movimento LGBT que precisa ganhar força”, comenta a estudante.

Nas redes sociais, a sigla com 13 letras acabou virando até piada. E para você, qual o melhor caminho? Vote na enquete: 


Leia também: Gaycionário - o dicionário com as gírias mais engraçadas da comunidade

O que significa cada letra da sigla LGBTQQICAPF2K+?

De acordo com o site "The Gay UK", a mais nova letra adicionada é à sigla foi o “K”, que representa “kink”, palavra usada para denominar excitação sexual em inglês. O acrônimo do movimento LGBT vem crescendo desde os anos 90, com o argumento de abranger a todos e não se limitar à expressão “ comunidade gay ”.

Hoje, são 13 letras e 16 definições diferentes, saiba o que cada uma significa:

L – lésbica: mulher que sente atração física pelo mesmo sexo;

G – gay: homem que sente atração física pelo mesmo sexo;

B – bissexual: homem ou mulher que sente atração física pelos dois sexos;

T – transgênero: identidade de gênero diferente daquela atribuída no nascimento;

Q – queer: representando aqueles que simplesmente não se identificam com a heterossexualidade e o binarismo de gênero;

Q – questionando: alguém descobrindo seu corpo e por quem sente atração;

I – intersexual: identidade de uma pessoa que se encontra entre os rótulos “homem” e “mulher” por possuir características marcantes de cada um;

A – assexuado: quem não sente simples atração sexual;

A – agênero: identidade de quem não se identifica com algum sexo;

A – aliado: alguém que lute, simpatize e compartilhe dos objetivos da causa;

C – curioso ou curiosa: quem experimenta seus sentimentos e atrações;

P – pansexual: pessoa que sente atração por pessoas, independentemente de sexo ou identidade de gênero;

P – polissexual: atração por vários gêneros ou com múltiplas sexualidades;

F – família e amigos (“F” de “friends”, palavra em inglês): apoiadores dos conhecidos e parentes;

2 – dois-espíritos: identidade de gênero mista, masculino ou feminino;

K – “kink”: palavra em inglês para exitação sexual ou fetiche.

Leia também: Pajubá e mais: conheça os dicionários LGBT ao redor do mundo

Vale lembrar que as definições e terminologias referentes ao movimento LGBT estão em constante mudança.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.