Tamanho do texto

João Pedro Medeiros, de 22 anos, diz ter sido agredido por um homem armado dentro de um banheiro no Shopping Higienópolis, no centro de SP

O estudante João Pedro Medeiros, de 22 anos, relatou, na quarta-feira (14), em sua página no Facebook, um caso de agressão dentro do Shopping Higienópolis, na cidade de São Paulo. Segundo post do jovem, um homem armado o agrediu com coronhadas dentro de um dos banheiros do local motivado por homofobia. A postagem viralizou e já soma mais de 15 mil reações. 

Leia também: Casal de lésbicas alega ter sofrido preconceito em padaria de SP

João Pedro Medeiro, de 22 anos, afirma ter sido vítima de homofobia dentro de shopping de São Paulo
Reprodução/Facebook
João Pedro Medeiro, de 22 anos, afirma ter sido vítima de homofobia dentro de shopping de São Paulo


Ainda segundo Medeiros, o agressor teria feito xingamentos homofóbicos durante o ataque. "Com muito ódio [ele] me deu duas coronhadas dentro do banheiro ao estar lavando [sic] as mãos", escreveu o estudante. "Ele gratuitamente disse que todos os viados [sic] vão morrer a partir [sic] desse", completou o jovem ao relatar o caso de  homofobia .

João Pedro Medeiros relatou no Facebook os detalhes do que aconteceu
Reoprodução/Facebook
João Pedro Medeiros relatou no Facebook os detalhes do que aconteceu

O rapaz ainda escreveu que levou nove pontos na cabeça após episódio. Ele também conta que os seguranças do shopping não conseguiram deter o agressor.

Em outra postagem, Medeiros afirma que "as medidas cabíveis" já foram tomadas e agradece as inúmeras manifestações de apoio que está tendo nas redes sociais.

Leia também: Homem denuncia agressão por homofobia na Zona Oeste

"Agradeço a todos pelo carinho e pela força nesse momento. As medidas cabíveis já foram tomadas. Infelizmente isso me despertou algo que nunca imaginaria que pudesse despertar. Que é uma mistura de medo e pavor. Estou meio confuso mas vai passar. Enfim... vai dar tdo certo", dasabafa o rapaz no Facebook.

Posicionamento do shopping

O Shopping Higienópolis se posicionou sobre o ocorrido por meio de nota oficial. Segundo o shopping, o jovem foi atendido prontamente pelos bombeiros após o ocorrido e levado ao hospital. Ainda de acordo com o shopping, as autoridades já foram informadas sobre o caso. Veja a nota na íntegra:

Boa tarde a todos,

Esclarecemos que o cliente foi imediatamente atendido pela nossa equipe de primeiros socorros e levado para o hospital.

Reforçamos que já entramos em contato com as autoridades competentes e seguimos colaborando para a solução do caso.

Aproveitamos para reiterar que não compactuamos com qualquer tipo de violência, sendo todos os visitantes sempre bem-vindos.

Obrigado!

Leia também: Mais uma agressão a gays na Augusta: garçom do japonês Sukiya machuca cliente

O iGay também entrou em contato com o rapaz que sofreu a agressão e, até o momento, aguarda um retorno sobre o caso de homofobia. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.