Tamanho do texto

O projeto de lei para o casamento gay foi aprovado com 43 votos a favor; maioria da população australiana já se mostrou a favor da legalização

O Senado australiano aprovou nesta quarta-feira (29) o projeto de lei que abre caminho para a legalização o casamento  gay no país. Mas, para entrar em vigor, a lei ainda deve ser votada pela Câmara dos Deputados. O projeto foi aprovado duas semanas depois de uma consulta à população australiana, na qual 61,6% dos eleitores votaram a favor do casamento entre pessoas do mesmo sexo. As informações são do "Daily Mail".

Leia também: Famosos comemoram votação a favor do casamento homoafetivo na Austrália

43 senadores votaram a favor do casamento gay
shutterstock
43 senadores votaram a favor do casamento gay

Com 43 votos a favor, 12 contra e várias abstenções e ausências, o projeto de lei da legazaliçação do casamento gay apresentado pelo senador liberal Dean Smith foi aprovado na casa. Smith agradeceu todos os lados da política pelo que ele chamou de um debate "respeitoso". "Este debate foi bom para a alma do país. Foi bom para a alma desta câmara, e será bom para as almas das crianças LGBTI em todo o nosso grande país", disse o senador.

O próximo passo é discutir o projeto na Câmara dos Deputados, que deve ratificar a lei antes do Natal.

Leia também: Sem referência para própria festa, casal cria revista de casamento para lésbicas

A legisladora trabalhista Penny Wong, que defende os direitos da comunidade LGBT, comemorou a aprovação. “Somos parte de um ato de aceitação, um ato de inclusão, um ato de respeito, um ato de celebração, um dia em que este Senado declara nossa aceitação de nossos irmãos LGBTIQ (lésbicas, gays, bi, trans, intersexos, queer) e nossas irmãs", afirmou Wong.

Consulta popular

O governo australiano consultou a população para saber se eles eram a favor do casamento entre pessoas do mesmo sexo e o resultado da votação foi revelado no dia 14 de novembro. Milhares de pessoas estavam reunidas em Sidney quando foi revelado que 61,6% dos eleitores consultados aprovaram a igualdade de matrimônio e que 38,4% votaram contra à medida.

Leia também: Gays se posicionam contra casamento homoafetivo e são duramente criticados

A votação deu abertura para o projeto de lei apresentado pelo senador Dean Smith, Se a legislação for aprovada no Parlamento, a Austrália se tornará a 26ª nação a formalizar o casamento gay.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.