Tamanho do texto

O transgênero Alex Alvarez está esperando o primeiro filho biológico e afirma que quer dar ao filho a chance de ele escolher ser o que quiser

O homem transgênero Alex Alvarez, de 25 anos, de Los Angeles, está esperando seu primeiro filho biológico, concebido através da doação de esperma de um desconhecido. Junto com duas mulheres, ele planeja criar a criança com o gênero fluído - sem pertencer ao universo masculino ou feminino.

Leia também: Após gravidez como mulher, homem trans engravida de novo e se diz mais feliz

O homem transgênero está esperando seu primeiro filho
Reprodução/The Sun
O homem transgênero está esperando seu primeiro filho

Alex percebeu que era transgênero aos 17 anos e começou a fazer o tratamento hormonal aos 19. "Conheci minha namorada Carla quando eu tinha 20 anos. Ela sempre soube que eu era trans", disse ele ao “The Sun”. A criança será criada por Alex, Carla, e Cole, uma amiga do casal. Apesar de viverem juntos, Alex afirma que os três não estão em um relacionamento.

Ao invés de impor um gênero ao bebê, Alex quer que ele ou ela decida o que quer ser quando crescer. “Nós iremos criar nossa criança com o gênero fluído  até que ele ou ela escolha qual será o gênero”, explica.

Leia também: Casal gay está esperando primeiro filho biológico; entenda como isso é possível

A gravidez

Alex, que não planeja fazer uma cirurgia de readequação de gênero, decidiu gerar uma criança depois que a namorada Carla chegou a engravidar de doadores de esperma, mas sofreu dois abortos espontâneos. Para a felicidade do casal, eles receberam a notícia de que Alex havia engravidado no início de 2017. Como Cole também tinha vontade de ser mãe, o casal decidiu dividir a tarefa com a amiga.

De acordo com Alex, as pessoas ficaram felizes e confusas quando descobriram sobre a gravidez. "Apenas amigos e familiares próximos sabiam durante os primeiros sete meses”, diz ele, que costumava usar roupas largas para disfarçar.  "Eu nem pareço 'grávido'. Eu parei de tomar hormônios por causa do bebê e, mesmo quando eu tomava, eu não tinha muitos pêlos no rosto”.

Leia também: Ilustrações de jovem trans são censuradas por escola e caso tem reviravolta

O homem transgênero está planejando fazer o parto em casa e amamentar a criança. Sobre a chegada do bebê, Alex afirma que está nervoso, mas confiante porque sabe que tem uma ótima rede de apoio. "Espero conseguir criar esse bebê com amor incondicional e dar a ele a chance de escolher quem ele quiser ser”.

    Leia tudo sobre: gravidez
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.