Tamanho do texto

Essa lista vai te inspirar a viajar com seu parceiro ou parceira, ou simplesmente a desbravar novos lugares sozinho e sem receio

Escolher um destino para viajar pode ser uma decisão difícil, e fica ainda mais complicado se você for um viajante LGBT. Muitos lugares do mundo ainda não aceitam pessoas LGBT, seja por conta de religião, preconceito ou outro fator. Mas, também existem muitas cidades no mundo que são "gay friendly" e vão te fazer relaxar e se sentir seguro.

Leia também: Veja os melhores destinos para casais LGBT curtirem uma viagem romântica

Para ajudar nesta tarefa, o “Pink News” e a agência de turistmo LGBT “Misterbandb” selecionaram as cidades do mundo consideradas mais "gay friendly": 

1. Londres

Londres é uma das cidades mais gay friendly do mundo
shutterstock
Londres é uma das cidades mais gay friendly do mundo

Londres se tornou conhecida como um dos grandes locais LGBT do mundo. Um de seus bairros, Soho, é movimentado todas as noites da semana, e as pessoas LGBT de todo o Reino Unido e Europa migram para Londres para viver e trabalhar lá. O bairro fica logo atrás da Trafalgar Square, um dos principais pontos turísticos da cidade que abriga a National Portrait Gallery, parada obrigatória para os amantes de arte que visitam a cidade.

2. Madri

Madri foi anfitriã de duas grandes paradas LGBT em 2017
shutterstock
Madri foi anfitriã de duas grandes paradas LGBT em 2017

Madri foi anfitriã de duas grandes paradas LGBT que aconteceram neste ano: a Europride e a World Pride. Para se adaptar a esses eventos, a cidade mudou dezenas de semáforos para pedestres para que neles aparecessem casais de homem com mulher, mulher com mulher e homem com homem. O bairro Chueca é conhecido por ser muito frequentado por pessoas LGBT, mas como se costuma dizer em Madri, "a cidade inteira é gay."

3. Toronto

O primeiro-ministro Justin Trudeau está ajudando a aumentar a fama de Toronto como uma cidade gay friendly
shutterstock
O primeiro-ministro Justin Trudeau está ajudando a aumentar a fama de Toronto como uma cidade gay friendly

O primeiro-ministro Justin Trudeau está realmente ajudando a aumentar a fama de Toronto como um destino gay friendly. Ele já participou da Parada LGBT da cidade canadense e defende políticas de inclusão. Mesmo sendo pequena, Toronto está repleta de locais destinados à pessoas LGBT, como a interseção das ruas Church e Wellesley, bem no centro da cidade. Cafés, restaurantes, lojas, bares e casas noturnas são voltadas para o público gay e as ruas da região têm seus nomes grafados em placas com arco-íris, o que deixa tudo mais bonito e colorido.

4. Tel Aviv

Tel Aviv o lugar mais gay friendly no Oriente Médio
shutterstock
Tel Aviv o lugar mais gay friendly no Oriente Médio

Tel Aviv, em Israel, é com certeza o lugar mais amigável no Oriente Médio para os direitos LGBT. Sua parada do orgulho anual é um dos maiores eventos da cidade, com pessoas vindo de todo o mundo para participar do desfile e da festa. A cidade se mostrou bem à frente à respeito de questões LGBT e, desde 1992, é ilegal a discriminação contra orientação sexual e identidade de gênero. Além disso, Tel Aviv conta com praias deslumbrantes, então há muito espaço para pegar um bronzeado no período que você ficar por lá.  

5. Copenhagen

Em agosto acontece a Parada LGBT de Copenhagen
shutterstock
Em agosto acontece a Parada LGBT de Copenhagen

Copenhagen é um cidade tranquila e muito receptiva para gays, lésbicas, bissexuais e transgêneros. Com muitas opções de lazer, os membros da comunidade LGBT tendem a se misturar mais livremente e aproveitar os bares perto da City Hall Square. Se você puder escolher uma época, vá em agosto, pois é quando acontece a Parada LGBT de Copenhagen e a cidade oferece eventos como prêmios, festas, concertos, filmes e outros tipos de entretenimento.

6. Barcelona

Barcelona é uma das paradas obrigatórias na Espanha
shutterstock
Barcelona é uma das paradas obrigatórias na Espanha

Se você vai para a Espanha, a capital Barcelona é com certeza uma das paradas obrigatórias. A maioria dos bares e boates LGBTs fica concentrada em um único distrito da cidade, o Eixample, o que faz de lá o local ideal para você ficar hospedado na região ou nos distritos próximos, como Gracia, El Poble Sec e o famoso Bairro Gótico. Apelidado carinhosamente de "Gayxample", o bairro sempre tem um grande movimento de pessoas nas ruas e as baladas funcionam em um horário bastante parecido com o que estamos acostumados no Brasil. 

Leia também: Vai para Barcelona? Veja 6 lugares que todo gay deve conhecer na cidade

7. Berlim

este é o melhor momento para visitar Berlim
shutterstock
este é o melhor momento para visitar Berlim

Recentemente, a Alemanha aprovou o casamento entre pessoas do mesmo sexo , então este é o melhor momento para visitar sua capital, Berlim. A cidade se tornou conhecida por suas opções variadas de programas na vida noturna em que você pode aproveitar para conhecer muitos lugares novos. Berlim também está inovando na questão da hospedagem e, além dos tradicionais hotéis  para o público LGBT, também lançou o programa "Pink Pillow", em que são reunidos hotéis de redes internacionais que recebem hóspedes independente de sua orientação sexual. 

8. Nova York

Em Nova York, você vai encontrar eventos LGBT em vários bairros e em todas as noites da semana
shutterstock
Em Nova York, você vai encontrar eventos LGBT em vários bairros e em todas as noites da semana

Nova York é uma das cidades mais famosas do mundo não poderia deixar de oferecer inúmeras atrações para pessoas LGBT. Se você estiver procurando palestras, exibições de filmes, shows de drag queens, bares e clubes gays, você com certeza vai encontrar na cidade! O melhor de tudo é que programas LGBT não se limitam ao centro e, hoje em dia, você vai encontrar esses eventos em vários bairros e em todas as noites da semana. Com tanta coisa para escolher, não há nenhuma desculpa para ficar sem fazer nada em Nova York.

9. Lisboa

Lisboa surpreende bastante os visitantes que procuram programas LGBT
shutterstock
Lisboa surpreende bastante os visitantes que procuram programas LGBT

Lisboa, em Portugal, geralmente não é o primeiro destino que vem à cabeça quando pensamos em uma cidade "gay friendly", mas o destino surpreende bastante os visitantes. A cidade já conta com o “Lisbon Gay Circuit”, um roteiro criado há quatro anos para ajudar turistas LGBT a encontrarem os melhores programas para fazer na cidade, como festas e restaurantes.

10. São Francisco

Castro, em São Francisco, representa a luta pelos direitos LGBT
shutterstock
Castro, em São Francisco, representa a luta pelos direitos LGBT

São Francisco é uma das cidades mais conhecidas pelos direitos gays. É lá que fica o bairro de Castro , ligado diretamente à história da luta LGBT e que, nos anos 1970, funcionava como um refúgio para homossexuais que vinham de diversas partes dos Estados Unidos em busca de um lugar mais seguro. O bairro continua sendo representante do orgulho gay e é lá que está localizado o Museu da História LGBT, que possui um grande acervo de materiais sobre a história de pessoas de minorias sexuais nos Estados Unidos.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.