Tamanho do texto

Após ser chamada de “bicha” pela tia, adolescente deu resposta que viralizou

A adolescente Charlie Marie provou que não tolera ofensas por causa de sua orientação sexual. Por ser bissexual, Charlie foi chamada de “faggot” (bicha, em tradução livre) por sua tia durante um voô, mas não deixou de responder o comentário e contar tudo em sua conta do Twitter. A tia até tentou explicar a situação, mas não se saiu muito bem.

Leia também: Esportes ajudam estudante trans a enfrentar o ensino médio; entenda

A adolescente Charlie viralizou no Twitter por sua resposta bombástica
Reprodução/Twitter/zzoltarspeaks
A adolescente Charlie viralizou no Twitter por sua resposta bombástica

Tudo começou quando Charlie, do Reino Unido, ouviu um comentário ruim de sua tia quando estava entrando no avião. “Pelo menos eu não tenho que me preocupar com a minha filha sendo uma ‘bicha’, como a sua mãe se preocupa”, teria dito a tia à adolescente . Além disso, Charlie relatou ter recebido uma ligação da sua prima dizendo: “Me desculpe, mas você não pode esperar que todos apoiem seu estilo de vida”.

Um pouco mais tarde, a tia pensou que iria suavizar a situação se explicando por uma mensagem, mas só piorou tudo. "Espero não ter te magoado antes. Essa não foi a intenção”, começou a tia. “Você precisa parar de ser tão sensível. Eu não quis dizer bicha de forma ruim, eu apenas quis dizer que vocês, pessoas gays, fazem muito drama", escreveu.

Leia também: Estudante faz discurso e assume ser gay em assembleia escolar

Ela ainda disse que tentou entender essa “coisa bissexual”, mas que os adolescentes inventam esse tipo de coisa o tempo todo e que Charlie ainda encontraria um homem. “Você pode mudar. Você costumava ser tão esperta”. Para terminar, a tia afirmou que se Charlie não aceitasse sua desculpa, ela não deveria ir a um evento da família e estragar o dia.

A resposta

Após a mensagem da tia, Charlie decidiu responder a altura. "Não se preocupe com isso”, ela escreveu. "Eu sei como você se comporta depois de algumas garrafas de vinho”. Ela ainda disse que não poderia ir ao evento pois já tinha marcado uma enorme orgia lésbica nesse dia que ela e as outras “bichas” planejavam há meses.

Leia também: Estudantes fazem ato de apoio a amigo repreendido por usar batom na escola

Os usuários do Twitter apoiaram a adolescente na rede social. “Você é minha heroína e eu mal posso esperar para te encontrar na orgia lésbica”, disse uma das seguidoras.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.