Tamanho do texto

Estudante deseja ser visível para pessoas que ainda se sentem inseguras

Um estudante australiano da cidade Melbourne demonstrou um ato de coragem. Em uma assembleia da escola , Rich Bartlett, de 17 anos, fez um discurso emocionante para 800 alunos e professores assumindo que era homossexual. Ao final, ele foi ovacionado.

Leia também: Qual é a importância de se assumir gay, lésbica ou bissexual publicamente?

Estudante Rich Bartlett fez um discurso emocionante sobre sua sexualidade
Reprodução/Facebook/Rich Bartlett
Estudante Rich Bartlett fez um discurso emocionante sobre sua sexualidade

“Por que você diz às pessoas que é gay?”, o estudante pergunta no começo do discurso. Então, ele explica todo o processo de aceitação própria e como isso o ajudou pesquisar sobre a comunidade da qual sabia que fazia parte. "Quanto mais eu aprendia sobre a comunidade gay, mais eu tinha de dizer às pessoas que eu fazia parte dela. Não apenas para honrar as muitas pessoas que perderam a vida, mas também para ter certeza de que suas ações não foram em vão”.

Ele fazia referência às 49 mortes no tiroteio de Orlando nos Estados Unidos como um exemplo do quanto é importante aumentar a conscientização sobre o tema.

Mas antes de mais nada, o primeiro passo era falar sobre sua sexualidade com seus melhores amigos. "Era aterrorizante que relacionamentos que duraram mais da metade da minha vida pudessem ser destruídos pelas reações de meus amigos", disse ele. “Uma vez que eu disse a eles, finalmente me senti libertado”.

Leia também: Katy Perry revela que era proibida de interagir com gays na juventude

Exemplo para outras pessoas

"Para aqueles na comunidade que não têm um lugar seguro para serem eles mesmos. Para essas pessoas eu vejo como minha obrigação ser visível e possuir minha identidade sem remorso ", diz ele. "Aqui em nossa escola nós reconhecemos a diversidade porque é importante para nossa cultura que as pessoas se sintam valorizadas e aceitas por quem elas são".

Rich Bartlett durante discurso
Reprodução/Youtube
Rich Bartlett durante discurso

Leia também: Katy Perry revela que era proibida de interagir com gays na juventude

"Então, para responder à minha pergunta inicial, eu digo às pessoas que eu sou gay porque eu não posso me casar em qualquer estado ou território na Austrália”, diz o estudante.
"Eu digo às pessoas que sou gay porque uma em cada 14 pessoas trans será assassinada.
"Eu digo às pessoas que eu sou gay, porque não dizer seria um desserviço a quem eu sou."


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.