Tamanho do texto

Conversamos com gays e lésbicas e eles dão dicas preciosas para você não pagar nenhum mico quando um amigo ou amiga decidir se assumir

Ter coragem para se assumir para um amigos heterossexuais nunca é uma tarefa fácil. Sempre tem o medo de não ser aceito, de o amigo achar que você tem sentimentos por ele ou de a amizade sofrer algum tipo de impacto. 

Leia também: Veja as atitudes que os gays não suportam

Jim Parsons é assumidamente gay e atua com amigos heterossexuais em
Divulgação
Jim Parsons é assumidamente gay e atua com amigos heterossexuais em "The Big Bang Theory"

Para não piorar a situação existem algumas coisas que não devem ser ditas e feitas de JEITO NENHUM quando ele(a) se assumir! Veja a seguir alguns exemplos de coisas que heterossexuais devem evitar fazer para não cometer gafes, segundo quem faz parte do universo LGBT. Para completar, eles ainda dizem como se sentem ao escutar algo do tipo:

1. Perguntar “Desde quando?”

via GIPHY

Desde sempre, ué. Orientação sexual é algo que nasce com a pessoa e não algo que ela pode escolher. Não aja como se a pessoa tivesse sido influenciada ou decidido virar homossexual de um dia para o outro. Ela sempre foi assim.

2. Ou questionar se a pessoa "tem certeza”

via GIPHY

Sim. Se a pessoa está se assumindo é porque tem certeza. E mesmo se ela não tiver, não é tarefa sua ficar questionando sobre a sexualidade de alguém.

3. Dizer que “é só uma fase”

via GIPHY

Fase é coisa de videogame. Orientação sexual é algo bem diferente. 

4.  Preocupar-se por já ter ficado pelado(a) na frente dele(a)

via GIPHY

Não aja como se seu amigo tivesse tirado proveito de uma situação só pra te ver sem roupas. Não é porque ele é homossexual que sente atração por você e por TODAS as pessoas do mesmo sexo que ele.

Leia também: Coisas que você não deve nunca, nunquinha, NEVER dizer para bissexuais

5. Se for homem, pedir pra não “virar afeminado” e, se for mulher, pedir pra não “virar masculinizada”

via GIPHY

Não é porque a pessoa se assumiu que ela vai ser “afeminada” ou “masculinizada”. E qual o problema se for também? Isso mesmo, nenhum.

6. Dizer que “já desconfiava”

via GIPHY

Isso dá a impressão de que o(a) amigo(a) estava fazendo algo errado e que precisava esconder de você. 

7. Dizer “eu gosto de você mesmo assim”

via GIPHY

Ué. Teria algum motivo pra não gostar?

8. Falar que está tudo bem e depois começar a tratar diferente

via GIPHY



Ele(a) não mudou em nada e é a mesma pessoa por quem você construiu uma amizade e um carinho. Não deixe um detalhe como a orientação sexual ficar no meio disso.

Leia também: Mulheres lésbicas estão EXAUSTAS de ouvir certos comentários

9. Fazer fofoca sobre a orientação sexual dele(a)

via GIPHY

Se a pessoa teve coragem de falar sobre o assunto com você, NÃO ESPALHE PARA NINGUÉM! A orientação sexual de alguém não tem que ser assunto em rodinha de amigos heterossexuais e não tem porquê fazer fofoca sobre isso.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.