Tamanho do texto

Casal tem uma vida juntos, com os amigos, e outra diante da família: "Não tenho forças para militar em casa e enfrentar meus pais”

João e Antônio (nomes fictícios) são um casal como qualquer outro. Eles andam de mãos dadas na rua, vão a restaurantes, a festas e gostam de ficar juntos a maior parte do tempo. Mas eles enfrentam um problema: eles não podem revelar o namoro para os pais, que não sabem que os dois são homossexuais.

Leia também: Teste se você é um bom namorado

Muitos pais ainda não aceitam namoro de filhos homossexuais
shutterstock
Muitos pais ainda não aceitam namoro de filhos homossexuais


Apesar de ter uma boa relação com os pais, João ainda não teve coragem de revelar sua sexualidade para eles e nem falar sobre o namoro . “Eu tenho uma base em casa, sei que eles se importam comigo e me amam. Mas ao mesmo tempo, eles conhecem muito pouco de quem eu sou, não sabem meus gostos, como é a faculdade e várias coisas assim”, afirma João para o iGay.

O estudante conheceu o namorado em um aplicativo de relacionamento. Depois de um tempo de conversas, eles combinaram de se encontrar em uma festa. Foi lá que eles ficaram pela primeira vez e não pararam mais.

Vida secreta

Os dois vivem um relacionamento quase secreto. Desde que foram vistos por um antigo amigo de Antônio, o casal passou a tomar mais cuidado com os locais que passaram  frequentar. Além disso, eles precisam tomar cuidado para os pais não olharem o celular e não podem ligar um para o outro quando estão casa.

Leia também: 7 camisetas incríveis para você dividir com sua namorada

O maior cuidado dos dois é em relação às redes sociais e as fotos  dos dois  juntos que outras pessoas podem postar. Por causa disso, João não tem nenhum parente adicionado no Facebook e não deixa nada ser publicado no perfil dele sem autorização prévia.

Leia também:  Com flash mob e músicas da Beyoncé, homem pede namorado em casamento

Vida pela metade

Na maior parte do tempo, João ignora o fato de esconder o relacionamento dos pais, mas tem momentos que isso se torna mais difícil. “Eu não pude falar pra eles quando comecei a namorar, não comemorei com eles meu primeiro mês de namoro, não falei pra minha mãe quando foi o aniversário dele e queria fazer uma coisa legal, não posso pedir conselhos”, explica. “Às vezes parece que a gente está vivendo isso pela metade porque só a gente vive.”

Muitos amigos sabem que os dois são um casal, mas não sabem que eles não são assumidos para os pais. “Eu não ligo para o mundo e para as pessoas de fora. Mas eu não tenho forças para militar em casa e enfrentar meus pais”, explica. Da família de Antônio, só alguns primos sabem do namoro dele.

    Leia tudo sobre: gay
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.