Tamanho do texto

Julia Fraia e Vinicius Bustamante, colunistas do iG Turismo e do Perca a Novela, levam você para um passeio por esse bairro peculiar nos EUA

Castro é um bairro de São Francisco ligado diretamente à história dos direitos gays . Nos anos 1970, o bairro funcionava como um refúgio para homossexuais que vinham de diversas partes dos Estados Unidos em busca de um lugar mais seguro.

Leia também: Vai para Barcelona? Veja 6 lugares que todo gay deve conhecer na cidade

Castro é um bairro que representa a luta pelos direitos iguais nos Estados Unidos
Reprodução/Youtube
Castro é um bairro que representa a luta pelos direitos iguais nos Estados Unidos

Harvey Milk era um morador de Castro e dono de uma loja de câmeras fotográficas. Ele estava inconformado com o forte preconceito que existia contra os homossexuais e acabou virando um ativista da causa. Por fim, foi o primeiro gay assumido a ser eleito a um cargo público na Califórnia.

Ele foi assassinado por um inimigo político 11 meses após assumir o cargo, mas nesse tempo conseguiu deixar sua marca e virar um símbolo da luta a favor dos direitos LGBT . Ele conseguiu acabar com uma proposta de lei que pretendia banir professores homossexuais das escolas públicas da Califórnia .

Leia também: Veja por que colocar Viena na lista de destinos LGBT

Lugares para conhecer no bairro

O bairro continua sendo representante do orgulho gay. Lá está localizado o Museu da História LGBT, que possui um grande acervo de materiais sobre a história de pessoas de minorias sexuais nos Estados Unidos. No endereço da antiga loja de Harvey Milk está localizada a ONG Human Rights Campaign, a maior em defesa dos direitos LGBT do país.

Vinicius em frente ao Teatro Castro
Reprodução/Youtube
Vinicius em frente ao Teatro Castro

Por lá ficam muitos bares, cafés e o famoso Teatro Castro, que é na verdade um cinema, onde passam musicais antigos legendados em que os todos os espectadores são encorajados a cantar junto com o filme. Além disso, a abertura do filme é um show de drag queens .

O Twin Peaks Tavern foi o primeiro bar do bairro a ser construído com janelas. Antes disso, os homossexuais precisavam ir a lugares escondidos para não serem descobertos, mas neste bar eles não precisavam mais ter medo.  

Leia também: Os melhores endereços do Marais, o bairro gay de Paris

O bairro é colorido e tem até uma faixa de pedestre arco-íris, deixando o local mais bonito e interessante. Veja mais detalhes e dicas de passeios no vídeo: 

Para saber mais sobre o bairro Castro e outros destinos, acompanhe a coluna do casal do Perca a Novela no iG turismo .

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.