Tamanho do texto

Conheça o jornalista que abandonou a carreira de 20 anos pelo pornô gay

Ele foi âncora da Fox e da CBS, mas desistiu da carreira do jornalismo. Ele afirma que não se divertia e via que o ambiente intenso da TV não fazia bem para sua saúde. Decidiu, então, mudar - e radicalmente. Agora, Jim Walker está no ramo do pornô gay, e também trabalha como acompanhante masculino.

○ Leia também:  Reality show para conquistar solteiro termina com casal inesperado

Ele adotou um novo nome e a revelação foi feita por um blog porno estrangeiro, "Titan Men". No pornô gay , Walker é conhecido por Dallas Steele e já fez cerca de 11 filmes.

Jornalista abandona carreira para se dedicar ao pornô gay
Reprodução/Twitter
Jornalista abandona carreira para se dedicar ao pornô gay

Walker começou a trabalhar no jornalismo com 23 anos e levou mais de duas décadas para abandonar a carreira. Seu objetivo não era entrar direto na pornografia, mas, com 44 anos, foi o ramo que o ex-âncora acabou escolhendo.

Foi em 2013 quando ele saiu da telinha, após seu chefe ter dito que uma pesquisa havia mostrado que o público não gostava dele. O descontentamento com a profissão jornalística em si também o fez mudar de profissão: "Jornalismo televisivo como a gente conhece está morrendo".

Apesar de estar sentindo falta de algumas partes da antiga carreira, como contar grandes histórias, Walker está levando o novo trabalho bastante a sério. Recentemente, ele colocou implantes de silicone nas nádegas, pagos por um cliente do serviço de acompanhamento.

○  7 filmes e séries com temática LGBT para assistir no Netflix

Ele diz não se arrepender em nada da opção pelo pornô gay. O ator reconhece que é muito mais bem-sucedido agora que antes, na antiga profissão.

Muitos apontaram a escolha de Walker como crise da meia-idade, e ele logo rebate essa ideia: "eles obviamente decidiram que, em um dado momento, há limitações sobre o que você pode ser e pode fazer assim que alcança os 40".

O casal transgênero em que o pai deu à luz um menino

Ele coloca também um tabu dentro da comunidade gay sobre ter mais de 40 anos e não "se mudar para o subúrbio e se contentar com festas de canastra uma vez por semana". "Eu não planejo ir tranquilo noite adentro nunca", conclui o ator pornô gay.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.