Tamanho do texto

Dos prefeitos eleitos na Grande São Paulo, quais incluíram a causa LGBT em seu programa de governo? Spoiler: apenas um. E pouco

Programa de Governo é uma série de orientações que servirá de base para a atuação política do representante eleito em âmbitos Federal, Estadual, Distrital ou Municipal.  Todo prefeito tem, portanto, um programa de governo.

Apesar da importância de tal documento, que fica disponível no site do Tribunal Superior Eleitoral , o programa de governo é pouco lido. Muitos eleitores sequer sabem de sua existência, ou de como acessá-lo. Este desconhecimento dificulta a cobrança dos eleitores para com seus representantes.

O programa de governo de seu prefeito contempla você?
Record/Divulgação
O programa de governo de seu prefeito contempla você?

○ Leia também: O que pensam os gays que apoiam Bolsonaro e rechaçam Jean Wyllys 

Nenhum dos prefeitos eleitos na Grande São Paulo é parte da comunidade LGBT. Isso, porém, não impede que eles lutem pelas causas dessa parcela da sociedade. Representatividade é representar politicamente os interesses de um grupo de pessoas. Cabe verificar se os políticos eleitos prometeram representar a comunidade LGBT ou não.

De todos os 30 prefeitos eleitos no primeiro turno nas cidades da Grande São Paulo, apenas um cita a palavra LGBT em seu programa de governo. O político em questão foi o peessedebista João Dória, prefeito de São Paulo, que mencionou "LGBT" uma vez em seu programa de governo.

○  Governo Temer tem aprovação de apenas 14% dos brasileiros, aponta Ibope

As outras 29 cidades que já elegeram seu chefe do executivo municipal não têm como metas nenhuma política pública para a comunidade LGBT. A causa não existe no programa.

Cidade de São Paulo

Entre os candidatos à prefeitura de São Paulo, a menção foi mais intensa que nas outras cidades da Região Metropolitana. A sigla LGBT apareceu mais vezes no programa de governo da Luiza Erundina que se somarmos todas as vezes que aparece nos programas dos eleitos de todo o estado. Foram 24 menções no programa da psolista. 

Em segundo lugar na contagem aparece o ex-prefeito Fernando Haddad, com metade das menções de Erundina, 12 vezes. Altino, candidato pelo PSTU, cita a sigla 7 vezes e fica logo a frente do político eleito João Dória, com 1 menção.

Os demais candidatos não citaram a sigla nenhuma vez.

○  Nulos, brancos e abstenções 'vencem' eleições em 22 capitais

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.