Tamanho do texto

Que Madonna é uma diva já sabemos. Mas alguns fatos provam que ela também merece o título de "Diva dos gays". Veja lista e comprove

Madonna: diva do pop e ativista das causas gays
Divulgação
Madonna: diva do pop e ativista das causas gays

Irreverente, única e leonina: a diva do pop Madonna comemora aniversário no dia 16 de agosto, o mês da visibilidade lésbica. Ela foi eleita pela revista " The Advocate " como o maior ícone gay e, para aproveitar esse título, fizemos uma lista com fatos que comprovam que ela é não só uma diva pop, mas também uma "Diva gay". 

Rio 2016: Jornalista hétero acessa app de relacionamento gay e expõe atletas

No aniversário de Madonna, selecionamos uma música por álbum da rainha do pop

Madonna é uma figura pública que atuou fortemente em favor das causas gays ao longo de toda a carreira e até desde antes de se tornar a diva pop que é hoje. Nos anos 1980, quando o estigma e o desconhecimento sobre HIV afetavam fortemente a comunidade gay , ela foi ativista contra o preconceito que incidia sobre a população acometida pela doença.

Madonna na turnê 'Who's that girl'
Getty Images/Divulgação
Madonna na turnê 'Who's that girl'

O vogue , dança antes marginalizada, própria da cena negra e gay, foi trazida aos palcos nos anos 1990 por Madonna. A diva buscava mostrar ao público que a cultura gay não pertence ao gueto e abriu espaço para dar a visibilidade que ela acredita ser fundamental para o combate a  homofobia .

Constantemente, a cantora traz ao palco questões sensíveis à causa LGBT . Em seu último show na Rússia, antes de afirmar que não mais voltaria ao país, Madonna protestou contra leis anti-LGBT. Distribuiu pulseiras cor-de-rosa na entrada para que o público mostrasse "amor e admiração pela comunidade gay" e defendeu a liberdade das integrantes da banda Pussy Riot . A diva foi xingada por autoridades russas e ameaçada.

Madonna diz que não voltará para a Rússia por leis anti-gays

+  O que os gays andam pensando da Madonna?

E, claro, não poderia faltar a polêmica que foi o memorável beijo entre a ícone pop e a princesinha do pop, no "MTV Video Music Awards" de 2003. A cantora deu um "selinho" em Britney Spears e ainda completou a performance com um beijo em Christina Aguilera, tudo isso ao som de "Like a Virgin". A atitude foi muito criticada, mas a cantora segue distribuindo beijos lésbicos até hoje. 


    Leia tudo sobre: gay
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.