Tamanho do texto

A notícia foi dada pelo CEO do aplicativo, Sean Rad e deve entrar em vigor dentro de um mês

Até agora as pessoas trans ou as que não se identificam com nenhum gênero não tinham espaço em um dos aplicativos de relacionamentos mais populares da atualidade, o Tinder. Além de não poderem se identificar, algumas pessoas chegaram a ser banidas terem uma suposta má conduta identificada. 

O Tinder é um dos aplicativos de relacionamento mais populares
Reprodução Pinterest
O Tinder é um dos aplicativos de relacionamento mais populares

Mas parece que esse cenário está prestes a mudar. Durante um evento, o CEO do aplicativo, Sean Rad anunciou que dentro de um mês os usuários terão uma nova opção de gênero na hora do cadastro: "trans". Antigamente havia apenas as opções "feminino" e "masculino". 

+ Leia mais: Love Noronha reúne público LGBT, música, moda, gastronomia e muita natureza

"Temos quantidade considerável de usuários trans e sem gênero definido que não tiveram uma boa experiência, não fizemos o suficiente para permitir isso. É difícil para elas conseguirem o que procuram por isso mudamos. Essa não é a coisa certa a fazer para os usuários, é apenas a coisa certa a fazer", disse Sean. 

+ Leia também: Travestis e transexuais podem solicitar uso do nome social no Enem

O Tinder está trabalhando ao lado do GLAAD e algumas outras organizações LGBTs para implementar a mudança. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.