Tamanho do texto

Lucas Chaves, de 21 anos, é estudante de Direito e vinha sofrendo com piadas dentro da faculdade; ele não se calou

Lucas Chaves tem 21 anos e é estudante de Direito
Reprodução Facebook
Lucas Chaves tem 21 anos e é estudante de Direito

Ser motivo de piada e alvo de olhares todos os dias em todos os lugares soa como um pesadelo para você, certo?

Infelizmente, essa é a realidade de muitos, mas poucos se manifestam contra. O estudante de direito Lucas Chaves não se calou e a lição que deu nos colegas universitários que se divertiam às custas dele foi filmada e viralizou na internet. 

"Quando tomamos a posição de não esconder quem nós somos estamos sujeitos a esse tipo de coisa. O meu jeito de falar, andar e vestir sempre se tornou alvo de piadas na faculdade e foi uma coisa que fui deixando acumular. A gente não espera que em uma faculdade de Direito, de formadores de opinião que estão ali para defender direitos de terceiros, aconteça coisas do tipo", explica Lucas. 

Chacota da turma? Não!

Ao saber que duas fotos suas estavam circulando em um grupo do WhatsApp do qual não fazia parte, o misto de indignação e vontade de mudança fizeram com que Lucas tomasse uma atitude: ele pediu um minuto da aula, foi lá frente da sala e deu uma lição em seus colegas. Assista abaixo.

Isso mesmo! Não pode deixar hetero sair por cima. VEM TENTAR OPRIMIR GAY PRA VER. Parabéns Lucas ❤️ PÁGINA DO LUCAS : https://www.facebook.com/lucasgorgeousxx/ Insta dele : @lucasgorgeousxx ✨OBSERVAÇÃO: O menino que está usando a camisa de direto não está relacionado às pessoas que estão sendo apontadas no vídeo. As pessoas para quem Lucas estava falando, não aparecem no vídeo. ✨

Publicado por Henrie

"Estava esgotado"

"Tive acesso às fotos do grupo. Em uma delas, um menino da sala tinha tirado uma foto minha conversando com outro menino e insinuou que, como ele estava conversando comigo, também era homossexual. A outra eles pegaram no meu Facebook; estava vestido de mulher, caracterizado com peruca, maquiagem e roupa para uma festa à fantasia e colocaram lá para se tornar uma chacota. Aquilo me atingiu diretamente e decidi que iria lá na frente, não só porque estava esgotado com aquilo, mas porque achei que essa seria uma forma de conscientizar as pessoas da minha sala". 

Foto que foi motivo de piada
Reprodução Instagram
Foto que foi motivo de piada

O que Lucas não esperava era que o seu discurso, filmado por uma amiga e publicado na internet, fosse ter tanta repercussão. O vídeo já possui mais de 430 mil visualizações. O alcance foi incrível e atingiu pessoas que passam pelo mesmo problema.

Chega de opressão

"Para mim, essa é a parte mais importante, vantajosa e positiva de tudo que aconteceu. Estou recebendo muitas mensagens e poder ajudar pessoas que, talvez, ainda não tenham encontrado sua própria voz, que, talvez, estejam sofrendo caladas há tanto tempo. Saber que as estou ajudando, inspirando e encorajando é incrível. Quanto mais pessoas saírem da zona de conforto, se impuserem e mostrarem que a gente não vai ficar calado, melhor. Não estou sozinho nessa luta, são muitas pessoas que deram a cara a tapa assim como eu fiz para levantar essa bandeira. O preconceito não é uma coisa que vai ser tolerada mais, o tempo de aguentar opressão calado já acabou”. 

Após todo o ocorrido, as reações das pessoas dentro da faculdade de Lucas foram muito positivas e, agora, ele sente que não precisa mais se preocupar com esse tipo de situação dentro da instituição.  

via GIPHY


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.