Tamanho do texto

A mãe do rapaz também levou pedradas de uma senhora na rua

“Pegaram ele na rua, na porta da minha casa, e deram uma surra nele”
Reprodução/Rede Record
“Pegaram ele na rua, na porta da minha casa, e deram uma surra nele”

Duas famílias trocam suas mães por uma semana e se adaptam a uma nova rotina. Esse é o roteiro do programa “Troca de Família”, que mostra o resultado da experiência em meio a conflitos e emoções distintas.

Porém, a repercussão da família Faraone não foi agradável. Rodolfo foi alvo de agressões físicas na rua por ser gay. A mãe, Sheila, contou sobre o ocorrido em entrevista à Rede Record. “Pegaram ele na rua, na porta da minha casa, e deram uma surra nele”, conta.

+ “Ser bicha hoje é liberdade”: documentário empodera gays e debate homofobia

Rodolfo e o filho Lorenzo
Reprodução/Rede Record
Rodolfo e o filho Lorenzo

Ela revela ainda que também foi alvo de preconceito e chegou a levar pedradas. “Quando eu saía, todo mundo apontava o dedo e falava: ‘Olha a mãe do gayzinho’”, diz Sheila.

As gravações foram realizadas há sete anos, quando a família morava em Guarulhos, na grande São Paulo.

Desde que Rodolfo deixou claro sua sexualidade, sempre recebeu apoio da família. “Ele saiu de dentro de mim, então, meu amor é incondicional. O que importa é ele ser feliz!”, completa Sheila. Atualmente, Rodolfo mora sozinho e adotou um filho, Lorenzo.

Elenco de novela e famosos entram na luta contra a homofobia e a transfobia

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.