Tamanho do texto

O apresentador e humorista revelou que alguns amigos desconfiam da sua orientação sexual

Rafael Cortez foi entevistado pelo programa Pânico
Divulgação
Rafael Cortez foi entevistado pelo programa Pânico

Rafael Cortez foi o entrevistado convidado desta quarta-feira (27) do programa Pânico, da rádio Jovem Pan, e falou sobre seu novo trabalho, o canal "Love Treta" no YouTube, em que ele é uma espécie de conselheiro amoroso.

Cortez comentou que ele está focado em sua vida profissional, já que passa por um momento "pindaíba" após o fim do CQC.

Se eu fosse (gay) não ia ter problema com nada, eu ia passar a rapa em tudo!

"Estou naquele momento pindaíba, como vocês sabem o CQC acabou, né? Esse ano sabático é importante para o CQC e para Band. Mas, é ruim para nós integrantes", conta.

Um de seus últimos trabalhos na televisão foi a série "Dirige, Rafa", em que ele tinha que perder o medo e aprender a dirigir. Ele confessou que não adiantou em nada... "Eu não aprendi. Não sei até hoje! Vivo no táxi."

Amigos desconfiam de que ele seja gay

O convidado ainda falou sobre sua vida pessoal. Ele contou no Pânico que está namorando e que vê sua companheira como uma pessoa para casar, apesar de achar um pouco cedo e preferir dedicar-se à carreira no momento. "Se fosse hoje, eu casaria com ela, mas precisa saber se ela ia querer também né?", brincou.

Ainda falando de relacionamento, Cortez comentou que muita gente tem dúvida sobre sua sexualidade. "O mundo acha que eu sou gay! Até hoje tem amigos que desconfiam. O único homem que me pegou fui eu mesmo! Mas se eu fosse, não ia ter problema com nada, eu ia passar a rapa em tudo! Mas não gosto, gosto de mulher!", completou Cortez na entrevista.

    Leia tudo sobre: Gay
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.