Tamanho do texto

Caso ocorreu na Arábia Saudita, país onde ser homossexual é crime passível de punições absurdas como chicotadas

O Dia

Vídeo de casamento gay na Arábia Saudita se espalhou nas redes sociais
Reprodução/Twitter
Vídeo de casamento gay na Arábia Saudita se espalhou nas redes sociais

Quatro homens foram presos pela Polícia da Moral Saudita após denúncias de que eles viviam juntos como casais em um apartamento no norte de Riad, informou nesta quarta-feira o jornal "Sabq". As informações chegaram à polícia depois que imagens de uma festa de casamento gay que aconteceu no local se espalharem pelas redes sociais na última segunda-feira (25).

Interrogados, os jovens confessaram que mantinham relações e que realizaram "um casamento". Um deles, de 28 anos, já havia sido preso por "envolvimento em um caso similar".

Os agentes encontraram roupas femininas, perucas, maquiagem e bebidas alcoólicas, segundo o jornal, que indicou que nos telefones celulares apreendidos havia vídeos de festas semelhantes.

Na Arábia Saudita, ser homossexual é crime e as punições podem chegar ao absurdo de castigos corporais, como chicotadas. No país, rege uma interpretação rígida da le islâmica.

Leia esta e mais notícias no  site do jornal O Dia.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.