Tamanho do texto

Japão não reconhece legalmente as uniões homoafetivas, mas a cidade de Iga será a terceira do país a ir contra essa regra

A cidade de Iga, localizada na região central do Japão, se juntará com Shibuya e Setagaya no pequeno grupo de municípios que reconhecem uniões homessexuais no país. De acordo com a agência japonesa Kyodo, os casais poderão exercer alguns direitos e ter acesso a um número limitado de serviços a partir de abril do próximo ano. 

Iga é a terceira cidade do Japão a reconhecer casais homossexuais
Reprodução
Iga é a terceira cidade do Japão a reconhecer casais homossexuais


O prefeito de Iga, Sakae Okamoto, explica que o objetivo da mudança é permitir que os casais sejam tratados com igualdade em hospitais e nas casas administradas pelo governo municipal. Isso porque os documentos não serão legalmente vinculados com o país, já que o Japão ainda não reconhece esse tipo de união. 

"Iga, com uma população de cerca de 95 mil habitantes, conta com mais de 6.000 pessoas pertencentes à comunidade LGBT. É nosso papel criar uma sociedade na qual as minorias sexuais possam viver com orgulho", disse Sakae.

via GIPHY


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.