Tamanho do texto

Menina americana ofereceu bandeira do arco-íris, símbolo do movimento LGBT, para homem que gritava contra direitos gays

Menina oferece bandeira LGBT à homem anti-gay
Reprodução/Youtube
Menina oferece bandeira LGBT à homem anti-gay


Uma garotinha ainda na primeira série da escola mostrou que não é preciso alcançar uma determinada idade para respeitar as diversidades. Zea, de Ohio, nos Estados Unidos, visitava um festival comunitário no último sábado (26) com sua família quando enfrentou um pastor protestando contra direitos gays.

Em vídeo, é possível ver que enquanto um homem segura um cartaz escrito "Jesus salva do inferno", um pastor grita frases homofóbicas em um microfone, no dia seguinte em que a Suprema Corte dos EUA decidiu tornar o casamento homoafetivo legal em todo o país.

O gesto da garota chamou a atenção de simpatizantes no festival
Reprodução/Youtube
O gesto da garota chamou a atenção de simpatizantes no festival

Zea então fica parada em frente ao pastor segurando a bandeira do arco-íris, símbolo do orgulho LGBT. A garotinha não diz nenhuma palavra, mas só o gesto já foi o suficiente para chamar a atenção e ganhar o apoio de simpatizantes que também estavam no festival.

Em entrevista ao jornal britânico Daily Mail, Ryan Bowling, que testemunhou e gravou a cena, disse que o pastor mudou visivelmente de postura quando a garota o abordou.

"Ele estava muito mais nervoso, falando sobre sodomia, amargo e gritando, até que ela chegou perto dele", contou Bowling.

Assista ao momento em que a criança enfrente o pastor anti-gay:

Leia mais:
O 'cabo-de-guerra' até a validação do casamento gay nos EUA
Casamento gay: Bolsonaro, Malafaia e Feliciano viram piada nas redes
Suprema Corte dos EUA legaliza casamento gay em todo país; veja reações

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.