Tamanho do texto

A ex-atleta é a capa da revista Vanity Fair e conta sobre como teria se arrependido se não assumisse transexualidade

"Me chamem de Caitlyn" - essa é a frase estampada na capa da norte-americana Vanity Fair, estrelada por Caitlyn Jenner, padrasto transexual da socialite Kim Kardashian. A ex-atleta olímpíca, conhecida anteriormente como Bruce, revelou seu novo nome social para a nova edição de julho da revista. Clicada pela fotógrafa Annie Leibovitz, Caitlyn aparece utilizando apenas um espartilho.

Caitlyn Jenner posa só de lingerie para a capa da revista Vanity Fair
Reprodução/Vanity Fair
Caitlyn Jenner posa só de lingerie para a capa da revista Vanity Fair

"Se eu estivesse no meu leito de morte sem ter contado esse segredo ou sem ter feito nada sobre ele, eu estaria dizendo 'Você desperdiçou sua vida inteira'", conta ela em entrevista para a revista.

Em transição, padrasto de Kim Kardashian operou nariz, queixo, testa e maxilar

Caitlyn começou a sua transição há cerca de dois anos. Em janeiro de 2014, fez uma cirurgia para diminuir o pomo de adão e neste ano, reuniu a família (três ex-mulheres e seis filhos) e contou que ia assumir a identidade feminina.

"Deus me deu a alma de uma mulher. Para todos os fins e propósitos, eu sou uma mulher", disse ela em entrevista ao canal E! no início deste ano, assistida por mais de 16 milhões de pessoas.

Assista ao making off do ensaio de Caitlyn para a Vanity Fair:


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.