Tamanho do texto

Um pregador entrou em um dos trens e começou a falar. Citou a Bíblia e até a morte de Michael Jackson como prova de que homossexualidade é errado. Passageiro gay contestou discurso "cheio de ódio" e conseguiu reação favorável dos passageiros

'Vocês veem o que eu estou dizendo? Vocês não podem aceitar dois homens juntos. Eles têm dois pênis e não têm seios". Com essas e outras frases homofóbicas, um pregador se dirigiu aos passageiros do metrô de Nova York, nos Estados Unidos.

SIGA O IGAY NO FACEBOOK

Eu sou homem. E sou um homem bom. E sou gay. E Jesus me ama

Um homem que estava no local reagiu à pregação com um discurso de defesa contra as agressões verbais: "Eu sou homem. E sou um homem bom. E sou gay. E Jesus me ama". Ele lembrou que a Bíblia traz uma lição de amor, diferente do discurso de ódio do pregador. Sua fala arrancou aplausos dos passageiros, que gritaram frases como "o amor vence".