Tamanho do texto

Maior empregadora privada do mundo, a rede varejista anunciou mudanças em comunicado a todos os seus empregados

A partir de janeiro de 2014, os parceiros dos funcionários homossexuais da rede varejista Walmart terão direito a plano de saúde nos Estados Unidos. A medida tem enorme valor simbólico já que a empresa é a maior empregadora privada do país e também do mundo, com mais de dois milhões de empregados em todo o globo terrestre.

Maior empregadora privada dos EUA, varejista concedeu benefícios aos parceiros de seus funcionários gays
Getty Images
Maior empregadora privada dos EUA, varejista concedeu benefícios aos parceiros de seus funcionários gays


No comunicado que enviou aos empregados dos EUA, o gigante do varejo comunicou que estava ampliando a cobertura do plano de saúde dos funcionários, ressaltando que a medida valia para qualquer parceiro, não importando se ele fosse do mesmo sexo. Para ter a cobertura do dependente, basta que o casal viva há mais de um ano junto.

CURTA O IGAY NO FACEBOOK 

A medida vale para todos os 50 estados americanos, independentemente de eles terem ou não leis que reconheçam o casamento civil entre pessoas do mesmo sexo.

"Estamos presentes em 50 estados, centenas de municípios, e também em Porto Rico. Como esclareceu a decisão da Suprema Corte sobre o Ato de Defesa do Casamento (DOMA em inglês), cada um desses estados está criando diferentes definições de casamento, parceiro doméstico, união civil etc. Desenvolvendo uma definição igual para todos os associados Walmart nos EUA e em Porto Rico, somos assim capazes de tratar com coerência os associados de diferentes mercados”, informou o comunicado do Walmart, obtido pelo site Towleroad.

Citado no comunicado e derrubado pela Suprema Corte americana neste ano, o DOMA era uma lei que definia o casamento como um ato apenas entre um homem e uma mulher. Com o fim desta legislação, várias empresas americanas passaram a conceder benefícios para parceiros dos funcionários gays.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.