Tamanho do texto

Noivos Sergio Miranda e Rodrigo Borda vivem juntos há 14 anos na capital Montevidéu

Sergio Miranda , 45 anos, e Rodrigo Borda , 39 anos, que vivem juntos há 14 anos em Montevidéu, se tornaram nesta segunda-feira (5) os primeiros homossexuais a pedir o registro de um casamento civil gay no Uruguai.

CURTA A PÁGINA DO IGAY NO FACEBOOK 

"Estamos celebrando e compartilhando porque esta lei assinala que todos têm direitos, que não existem cidadãos de primeira e de segunda classe... É uma mensagem importante que o Uruguai manda para o mundo", declarou Miranda depois de fazer o pedido de registro, segundo informações do jornal uruguaio El Comercio.

A legislação do casamento Igualitário começou a vigorar nesta segunda no Uruguai, quatro meses depois ser aprovada. A lei foi proposta pela coalizão de esquerda Frente Ampla, que apoia o governo, e teve respaldo dos parlamentares de oposição.

No dia 10 de abril, a Câmara dos Deputados uruguaia aprovou a legislação depois dela ter passado pelo Senado. O presidente José Mujica promulgou a lei dia 3 de maio.

Pela nova legislação, a instituição do matrimônio "implicará a união de dois cônjuges, independentemente do gênero e da orientação sexual destes, nos mesmos termos, com iguais efeitos e formas de dissolução estabelecidas até o momento pelo Código Civil".

Com a entrada em vigor da lei, o Registro Civil uruguaio começou a receber as primeiras inscrições para iniciar os trâmites legais e determinar a data das cerimônias de casamento. O casamento de Miranda e Borda deve acontecer depois do dia 16 de agosto. 

*Com informações da Agência Brasil. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.