Tamanho do texto

Governador determinou que todas as cidades do estado americano oficializem uniões entre pessoas do mesmo sexo

A decisão da Suprema Corte dos Estados Unidos, que sepultou na semana passada o projeto que reconhecia apenas os casamentos entre homens e mulheres na Califórnia, estimulou vários casais homossexuais a registrarem no papel os seus relacionamentos. Desde o começo da semana, vários deles têm procurado os órgãos oficiais com esse objetivo.

CURTA A PÁGINA DO IGAY NO FACEBOOK

Depois da decisão da Suprema Corte, o governador Califórnia Jerry Brown determinou que todas as cidades do estado imediatamente reconhecessem e registrassem casamentos entre pessoas do mesmo sexo.

Felipe Osorno e Ian Holloway registram o momento importante na vida deles
Getty Images
Felipe Osorno e Ian Holloway registram o momento importante na vida deles

Casas de todas as idades participaram da ‘maratona’ de casamentos. Como foi o caso das americanas Sallee Taylor e Andrea Taylor , ambas com 41 anos. Elas, que já haviam se casado numa cerimônia simbólica, registraram sua união no papel na última segunda-feira (01), na prefeitura de West Hollywood.

Na mesma prefeitura, o casamento de Ian Holloway, 34, e Felipe Osorno, 32, teve dois convidados especiais, os cachorros de estimação do casal, que participaram da cerimônia.

Nos Estados Unidos, ainda não há uma lei federal que legalize o casamento gay para todo o país. Mas estados como Massachusetts, Connecticut, Iowa, Maryland, Vermont, Washington e Nova York já realizam uniões entre pessoas do mesmo sexo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.