Tamanho do texto

Cantora quer que a Suprema Corte americana derrube a lei que permite o casamento civil apenas entre um homem e uma mulher

Na semana em que a justiça dos Estados Unidos vive um momento decisivo na ampliação dos direitos da população LGBT, a cantora Lady Gaga foi para a internet dar o seu apoio aos gays. “Suprema Corte, permita que a história seja feita e apoie o casamento igualitário”, escreveu a popstar em seu Twitter, para os seus mais de 38 milhões de seguidores.

CURTA A PÁGINA DO IGAY NO FACEBOOK 

A Suprema Corte americana decide nesta semana se torna inconstitucional a cláusula do Ato de Defesa do Casamento (DOMA na sigla em inglês), que estabelece que o casamento só pode existir entre homem e mulher. A expectativa é que a votação ocorra na próxima quarta-feira (26).

Gaga escreveu outras mensagens sobre o tema. “Vamos derrubar o DOMA hoje. Ele é inconstitucional. De outra forma, a Suprema Corte vai continuar a descriminar os LGBTs”, pediu Gaga na rede social.

Para reforçar o seu ponto de vista, Gaga citou o ex-presidente americano Abraham Lincoln , que governou os EUA entre 1861 e 1865, e que marcou seu nome na história ao abolir a escravidão. “Quem será o nosso Abe Lincoln hoje? Quem vai fazer a escolha da liberdade para todos”, questionou a cantora.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.