Tamanho do texto

Em rede social, cantora americana disse ainda que considerar a homossexualidade uma doença é uma 'grande besteira'

Uma das maiores referências do universo gay, a cantora Cher falou sobre  o polêmico projeto de   “cura gay” do deputado federal  Marco Feliciano (PSC-SP), em seu Twitter pessoal.  

A popstar criticou o presidente da Comissão de Direitos Humanos e Minorias (CDHM), ao responder uma pergunta do grupo GayCourageBr, que perguntou se ela estava a par do que estava acontecendo no Brasil. “Eu estou sabendo! Marco Feliciano é horrível. Ele quer que o gay seja considerado um doente! Ele se considera cristão? Que grande besteira”, questionou Cher, na rede social.  


A mensagem foi replicada mais de 1200 vezes e foi favoritada por 468 usuários.

CURTA A PÁGINA DO IGAY NO FACEBOOK

Constantemente envolvida com as causas do universo LGBT, Cher tem um filho transexual, Chaz Bono, que fez uma cirurgia de mudança de sexo. 

Neste mês,  a cantora será a estrela principal dos eventos que em torno da Parada do Orgulho Gay de Nova York. No encerranto do evento, Cher vai ser apresentar na  festa “Dance on the Pier”, no próximo dia 30,  no Pier 26, no bairro de Tribeca

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.