Tamanho do texto

Interpretado com competência por Mateus Solano, o personagem maquiavélico é o maior sucesso da novela "Amor à Vida". Mas antes dele, outros vilões homossexuais fizeram muita maldade na ficção. Veja fotos deles na galeria

Distribuindo maldades no atacado e cheio de tiradas venenosas, o vilão gay Félix Khoury é o maior sucesso da atual novela das 21h da TV Globo, “Amor à Vida” , escrita por Walcyr Carrasco . Interpretado com competência pelo ator Mateus Solano , o personagem caiu nas graças do público e virou febre nas redes sociais, onde ficou conhecido pelo apelido de ‘bicha má’.

CURTA A PÁGINA DO IGAY NO FACEBOOK

Mas antes do Félix, muitos outros vilões homossexuais distribuíram maldades por aí. Na própria Globo, a presidiária casca grossa Araci ( Cristiana Oliveira ) era de causar arrepios com suas vilanias na novela “Insensato Coração” (2012), de Gilberto Braga . Ela tocava o terror para cima da personagem de Glória Pires .

Já no cinema, merece destaque o vilão gay do filme “007 - Operação Skyfall”. Interpretado brilhantemente por Javier Barden, o personagem é a encarnação loira da maldade. Atrevido, o bandido tira até uma ‘casquinha’ do herói James Bond ( Daniel Craig ), que estava amarrado em uma cadeira durante um interrogatório (veja a cena abaixo).

Porém, a vilania gay tem uma história muito mais antiga no cinema. Em 1948, Alfred Hitchcock trouxe para a telona não um, mas dois vilões gays. O casal de assassinos Brandon ( John Dall ) e Phillip ( Farley Granger ) era exímio em crueldade no suspense psicológico “Festim Diabólico”. Veja fotos e detalhes desses e de outros personagens do mal na galeria acima.

Veja cena gay de  “007 - Operação Skyfall”



    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.