Tamanho do texto

Manifesto se contrapôs a passeata capitaneada por pastor Silas Malafaia

Manifestantes da comunidade LGBT foram para as ruas em Brasília na última quarta-feira (05) para protestar contra representantes do fundamentalismo religioso, que tem se colocado constantemente contra o avanço dos direitos da comunidade gay.

CURTA A PÁGINA DO IGAY NO FACEBOOK 

O alvo principal do protesto foi o presidente da Comissão dos Direitos Humanos e Minorias do Congresso Nacional, o deputado Marco Feliciano (PSC), que além de ser acusado de homofobia, tenta derrubar uma resolução do Conselho Federal de Psicologia que proíbe psicólogos de realizarem ‘tratamentos’ que proponham a ‘cura’ da homossexualidade .

Um das manifestantes carregava um cartaz que dizia "Filha de Pais Gays. Sou Feliz". Já outro, proclamava: "A podridão do fundamentalismo religioso leva ao ódio, ao crime e a rejeição".

O protesto LGBT foi feito para contrapor a passeata promovida pelo pastor Silas Malafaia no mesmo dia em Brasília, que defendia que o casamento gay era 'obra do diabo'

Leia mais: 
Em Brasília, gays tomam a Praça dos Três Poderes em protesto contra homofobia
Padre excomungado por apoiar amor gay diz que Igreja Católica está retrocedendo


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.