Tamanho do texto

Nascidas no Paquistão, Rehana Kausar e Sobia Kamar pediram asilo politico com medo de serem mortas se voltarem ao seu país de origem

Rehana Kausar e Sobia Kamar, o primeiro casal lésbico a se casar no Reino Unido
Reprodução
Rehana Kausar e Sobia Kamar, o primeiro casal lésbico a se casar no Reino Unido

Mesmo ameaçadas de morte, as muçulmanas do Paquistão  Rehana Kausar , 34, e Sobia Kamar , 29, decidiram se casar no Inglaterra, onde vivem, na cidade de Leeds.

CURTA A PÁGINA DO IGAY NO FACEBOOK 

Segundo o jornal Birmingham Mail, o casal, que mora na Inglaterra para estudar, pediu asilo político ao governo inglês imediatamente após a cerimônia de casamento. 

Elas alegam que suas vidas correm risco, caso voltem ao Paquistão, onde homossexualidade é ilegal, segundo a religião islâmica, podendo ser punida até com pena de morte.

Rehana e Sobia relataram que opositores do seu país avisaram que vão matá-las por conta de sua relação.  A cerimônia foi acompanhada pelos advogados e dois amigos. Ambas as noivas usaram vestidos brancos tradicionais. 

“Não é problema de ninguém o que fazemos com nossas vidas pessoais. O problema com o Paquistão é que lá todos acreditam que são responsáveis pela vida de outras pessoas", disse Rehana ao Birmingham Mail. 

Um parente de uma delas, que não quis se identificar, definiu o casamento delas como controverso.

Ele condenou as mulheres por não terem seguido as leis do casamento islâmico, ressaltando que o casal jamais poderá voltar ao Paquistão.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.