Tamanho do texto

Ney Matogrosso, Fernanda Abreu e o grupo Dzi Croquettes também participaram do lançamento da campanha "Rio Sem Preconceito"

Um time de artistas do primeiro time da MPB subiu no palco do lendário Circo Voador, no Rio de Janeiro, na última quarta-feira (15). Caetano Veloso, Zélia Duncan, Ney Matogrosso, Fernanda Abreu, Frejat e Preta Gil participaram do lançamento da campanha “Rio Sem Preconceito”.

CURTA A PÁGINA DO IGAY FACEBOOK 

O evento foi organizado pelo coordenador especial da Diversidade Sexual da Prefeitura do Rio, Carlos Tufvesson , que acompanhou a festa ao lado do marido, o arquiteto André Piva .


"O racismo nos ofende como cidadão e me agride como cidadão. Eu tenho que interferir. Isso é um problema nosso. Não preciso ser negro para ser contra o racismo. Da mesma forma que o machismo incomoda. As agressões que crescem a cada dia é um problema meu sim, apesar de não ser mulher. Da mesma maneira que não precisa ser homossexual para lutar contra a homofobia. A cada 23 horas, morre um homossexual vítima de crimes de ódio. Esses índices têm aumentado a cada ano e todos nós temos que fazer alguma coisa . É uma coisa que atinge o princípio da dignidade da pessoa humana", defendeu Tufvesson, durante o espetáculo. 

Musa da comunidade LGBT, Preta Gil lembrou que muitos gays se assumiram durantes os seus shows.

Um dos grandes momentos do espetáculo foi a volta do grupo Dzi Croquettes, turma irreverente de artistas dos anos 70, que agitou o cenário cultural brasileiro, com seus bailarinos e atores que se vestiam de mulher, mas sem abrir mão de traços masculinos, como a barba e o bigode. 

Ciro Barcelos , integrante do grupo original que tinha o bailarino Lennie Dale e o ator Cláudio Tovar, participou da emocionante apresentação. 

*Com informações da Agência Brasil 


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.