Tamanho do texto

Kadu Dantas, Thiago Braga e Léo Muqui se juntam ao hétero Caio Augusto Paoliello para transformar o visual e a vida de participantes de reality show

“O Sob Medida é um marco. Somos três gays dando a cara à tapa”. É com essa empolgação que o jornalista Kadu Dantas define a presença dele e dos colegas, o hair stylist Thiago Braga  e consultor de moda Léo Muqui , na apresentação do reality show da Rede TV! que repagina o visual e dá uma sacudida na vida dos participantes.

Curta a página do iGay no Facebook 

Exibido todas as quintas-feiras, às 22h30, o programa ainda conta com a presença de dois héteros. São eles o arquiteto Caio Augusto Paoliello e a apresentadora principal do reality, Daniela Albuquerque .

Além da empolgação com o espaço conquistado por três gays assumidos na TV, o trio também se entusiasma com a resposta popular nas ruas.

Léo está surpreso com um público inesperado, as crianças. O consultor de moda relata que o ouviu recentemente a seguinte frase de um menino de 10 anos “Quero te levar pra casa, o programa fica tão divertido com você”.

Os quatro consultores não se conheciam antes de serem convidados para atração, mas já estreitaram os laços entre eles. “Eu já sentei de brincadeira no colo do Caio. Ele é o sonho de todo gay, hétero e lindo”, conta Thiago rindo, ao exemplificar essa intimidade.

Seguro de sua heterossexualidade, Caio confirma que o público gay está mesmo encantado com ele, dizendo que o assédio dos homens aumentou bastante depois que o programa estreou, há dois meses. Solteiro, o arquiteto não se incomoda com isso, mas diz que fica desconcertado quando os fãs masculinos mandam fotos ousadas demais para ele.

Eu já sentei de brincadeira no colo do Caio. Ele é o sonho de todo gay: hétero e lindo (Thiago Braga)

Além Caio, o time de solteiros do programa ainda conta com Léo. Kadu está em um relacionamento de dois anos e meio, e Thiago num de cinco. “Pretendo casar no papel. E se eu entrar num casamento vai ser para o resto da vida”, responde o hair stylist sobre a possibilidade de oficializar a relação.

Essas quatro personalidades diversas contribuem para que os desafios que eles enfrentam na atração sejam solucionados. Pelas mãos deles já passaram uma dona de casa atarefada sem tempo para cuidar do visual, um casal bagunceiro que precisa organizar a vida para chegada do primeiro filho e um advogado com o sugestivo apelido de “Cascão”.

Único hétero da turma, Caio diz que não há muita discrepância entre o estilo dele e o dos colegas de programa. “O gay tem menos problemas em ousar. Mas não existe esse negócio de estética gay”.

Na dinâmica do “Sob Medida”, cada um dos consultores fica responsável em ‘consertar’ uma parte da vida do personagem do dia. Thiago cuida do cabelo e maquiagem, Léo reinventa o guarda-roupa e Caio transforma algum cômodo da casa do participante.

O gay tem menos problemas em ousar. Mas não existe esse negócio de estética gay (Caio Augusto Paoliello)

Kadu trabalha o estilo de vida do participante. Isso engloba coisas como levar um aspirante à artista num museu, ensinar o tradicional macho primitivo a ter bons modos na mesa e até encorajar alguém a mudar de emprego.

“Eu tento ver o que é importante naquele momento para melhorar o relacionamento do participante com o mundo. O compromisso é transformar a vida da pessoa”, explica Kadu. “Nós respeitamos muito estilo e personalidade. Eu não posso pegar uma pessoa que nunca frequentou um restaurante incrível e levar no Fasano”, pondera, citando o restaurante adorado pela elite paulistana.

Léo também não quer deixar nenhum participante com um visual que não combine com a personalidade dele. “Não fico procurando tendência. Para um homem mais careta, não posso propor uma silhueta fora do padrão. A pessoa tem que se sentir bem, se não, não adianta”, avalia.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.