Tamanho do texto

Roberta Salles, uma das duas faces do duo lésbico "Dedilhadas", sente reforçar sua condição assumida com a exposição do romance homossexual da cantora baiana

Roberta Salles e Samantha Reis, a dupla do vlog
Arquivo pessoal
Roberta Salles e Samantha Reis, a dupla do vlog "Dedilhadas"

Bata no peito mais forte e diga: Eu sou gay!

A frase acima poderia substituir um dos versos da canção “O Mais Belo dos Belos”, interpretada com intensidade e energia por Daniela Mercury . Tudo porque a cantora revelou detalhes de sua sexualidade ao expor seu relacionamento com a jornalista Malu Verçosa em seu Instagram nesta quarta-feira (3).

Daniela se referiu a ela como "minha esposa" e "inspiração", e sua voz ecoou pelos quatro cantos nas redes sociais e na imprensa. E daria para ser diferente? Não! Em tempos “Felicianos”, em que o Congresso Brasileiro tem uma bancada que se pronuncia publicamente contra os direitos LGBT, a notícia tem de ser comemorada com festa.

LEIA TAMBÉM: ROBERTA E SAMANTHA MOSTRAM A VIDA DAS LÉSBICAS COMO ELA É

O problema está (e, claro, não vou generalizar) na parcela da humanidade que acredita que, só porque eu, Rô, amo uma pessoa do mesmo sexo, não seja digna de respeito e não tenha assegurados meus direitos mesmo a coisas muito simples, como andar de mãos dadas na rua, por exemplo. E, de repente, lá está Daniela: feliz, apaixonada, de aliança no dedo, com a mulher que ama sentada em seu colo.

Daniela Mercury assume novo amor com jornalista
Instagram/Reprodução
Daniela Mercury assume novo amor com jornalista

Quantas Danielas conhecemos? Com a coragem de se expor, sem medo de ser feliz? Pouquíssimas. Isso lembra um pouco o momento em que o cantor Ricky Martin decidiu sair do armário por ter cansado de viver uma vida de mentiras e ter de o tempo todo de bancar o galã para agradar suas fãs. Ele cansou de se esconder.

Ser lésbica, homo, bi, gay, trans, queer, inter ou dono de qualquer outra sexualidade há tempos deveria ser abordado como... Nada demais! Ninguém tem nada a ver com isso...  Ou seja, o fato de eu, Rô, e Sazinha, minha amiga e parceira do "Dedilhadas", sermos lésbicas, não deveria abalar ou causar comoção em ninguém. 

A posição de Daniela nos dá um tiquinho a mais de força. Ela é famosa, linda, competente, decidida e agiu de uma forma tão natural, tão do jeito que a coisa tem que ser, que ainda podemos ter esperança nas pessoas.

Seria lindo se todos os famosos assumissem sua homossexualidade, ou qualquer tipo de sexualidade, e batessem no peito com o mesmo orgulho e ao mesmo tempo com a normalidade com que o assunto deveria ser tratado.

A posição de Daniela nos dá um tiquinho a mais de força. Ela é famosa, linda, competente, decidida e agiu de forma tão natural, tão do jeito que a coisa tem que ser, que ainda podemos ter esperança nas pessoas."

Quem sabe assim, em vez do fortalecimento de um Congresso que usa e abusa do fundamentalismo religioso para decidir as leis vigentes, não teríamos leis justas, feitas para todos os grupos? Vamos subir essa ladeira colorida em ritmo de axé e festejar com a Daniela!

Roberta Salles é jornalista. Samantha Reis é artista plástica, radialista e produtora. Juntas, elas tornaram-se vlogueiras e criaram o "Dedilhadas", um canal inteligente, bem humorado e irreverente sobre homossexualidade.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.