Tamanho do texto

Só se falou disso em Salvador: veja como os baianos receberam a notícia sobre o relacionamento gay de Daniela Mercury

Daniela Mercury assume novo amor com jornalista
Instagram/Reprodução
Daniela Mercury assume novo amor com jornalista
Helenilton Souza, taxista
Victor Albuquerque
Helenilton Souza, taxista

Surpresa para alguns, para outros nem tanto. A notícia do relacionamento da cantora Daniela Mercury com a jornalista baiana Malu Verçosa , que a própria cantora tratou de divulgar em seu Instagram , dividiu a opinião dos soteropolitanos nesta quarta-feira (3). O assunto causou o maior burburinho na capital baiana e dominou as conversas nas ruas da cidade, rendendo temores, críticas e elogios.

O taxista Helenilton Souza , de 40 anos, teme: ele acredita que assumir um relacionamento homossexual não é o melhor para a imagem de Daniela. “Para ela pode ser normal, mas para a sociedade não é tão comum assim. Ela é uma artista conhecida no país inteiro. Não precisa disso. Acho que pega mal”, disse.

Para ela pode ser normal, mas para a sociedade não é tão comum assim. Ela é uma artista conhecida no país inteiro. Não precisa disso. Acho que pega mal.” (Helenilton, 40, taxista)

Crispina Ferreira se empolgou com a notícia
Victor Albuquerque
Crispina Ferreira se empolgou com a notícia

Por sua vez, a professora Crispina Ferreira , de 47 anos, elogia a atitude da cantora. “Achei corajosa”, disse. “Ela está certíssima. Se está feliz assim, tem mais é que curtir. Confesso que eu nunca imaginei, mas torço para que ela seja feliz”, acrescentou.

Quem também elogia é o jornalista Ronney Argolo , de 26 anos. “Achei uma atitude bonita e importante, principalmente nessa época de Feliciano e Joelma. Ela mostrou que as pessoas querem e podem ser felizes do jeito que são. Que o amor pode vencer qualquer momento político infeliz”, comenta.

JOGADA DE MARKETING

O estudante Lucas Souza , de 21 anos, tem uma avaliação mais extrema e diz acreditar que isso é uma “jogada de marketing” da artista. “Acho que ela quer fazer média com o público gay, lotar mais os shows e vender mais CDs”.

A também estudante Larissa Cruz , de 23 anos, diz que não se surpreendeu com a notícia. “No fundo, todo mundo sabia que Daniela era do babado. Acho até que aquele casamento dela (com o empresário italiano Marco Scabia) foi de fachada”, opina.

MUSA GAY

Ela está certíssima. Se está feliz assim, tem mais é que curtir. Confesso que eu nunca imaginei, mas torço para que ela seja feliz." (Crispina, 47, professora)

Antes mesmo de assumir o relacionamento gay, Daniela Mercury sempre atraiu a atenção do público homossexual. Em Salvador, o bloco Crocodilo, que é comandado pela cantora, é conhecido tradicionalmente por arrastar uma multidão de gays e lésbicas no circuito Dodô (Barra/Ondina).

Achei bonito. Num tempo em que temos Joelma aí virando as costas para os gays, Daniela se mostra feliz assim, com a maior naturalidade." (André Magal, empresário)

Para Lucas Santos, jogada de marketing
Victor Albuquerque
Para Lucas Santos, jogada de marketing

Além disso, há dois anos, Daniela produz na capital baiana a festa “Camarote da Rainha”, em parceria com uma das boates gays mais badaladas da cidade, a San Sebastian. “Daniela é a artista mais completa que temos atualmente. Uma vez ela me disse que não é cantora de vestir uma calça jeans e subir no palco. Ela se preocupa com o conceito do show, quer sempre um espetáculo bem cuidado. Acho que é essa atenção que atrai o público gay”, comenta André Magal , um dos sócios da San Sebastian.

Segundo ele, apesar de trabalhar com Daniela Mercury há 10 anos, ele pouco sabe da vida pessoal da artista. Por isso, se surpreendeu com a atitude da Rainha do Axé. “Mas achei bonito. Num tempo em que temos Joelma aí virando as costas para os gays, Daniela se mostra feliz assim, com a maior naturalidade. Achei muito bacana”, disse.


RAINHA DA PARADA GAY DE SALVADOR

O fundador do Grupo Gay da Bahia (GGB), Luiz Mott , lembra que Daniela sempre defendeu a causa gay em seus shows pelo país. “Ela é a cantora mais politicamente correta do Brasil. Nos seus shows, defende a livre orientação sexual, inclusive nas suas coreografias, onde há cenas homoeróticas”, conta.

Para ele, o “sair do armário” de Daniela Mercury representa “uma lufada de ar fresco na hipocrisia e na intolerância”. De acordo com Mott, Daniela Mercury será convidada a ser rainha da Parada Gay de Salvador, que será realizada no dia 8 de setembro. “Ao contrário dos outros anos, onde sempre tivemos madrinha, esse ano queremos convidar Daniela como rainha da parada, pela realeza das suas palavras e atitudes”, adianta.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.