Tamanho do texto

Apostila de Física de colégio do 3° ano médio causou indignação e associação ABGLT quer que Ministério Público analise o caso

Uma apostila de Física do 3° ano do ensino médio de uma escola cearense causou indignação na comunidade gay de Fortaleza. O motivo é uma ilustração que mostra a figura de dois meninos como símbolo de ‘repulsão’, numa explicação sobre as propriedades dos prótons e elétrons.

Leia também : Homossexualidade é assunto que não existe dentro das salas de aula

Na mesma ilustração, também aparece um desenho de duas meninas com a palavra ‘repulsão’ ao lado. Para ilustrar o principio da atração, o material didático do colégio particular Farias Brito mostra as figuras de um menino e uma menina.

Ilustração mostra a figura de dois meninos como símbolo de ‘repulsão’
Reprodução
Ilustração mostra a figura de dois meninos como símbolo de ‘repulsão’

Considerando o material como homofóbico, a Associação Brasileira de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais (ABGLT) quer que o Ministério Público Estadual e Ministério de Educação analisem o material.

Segundo a ABGLT, o material foi encaminhado à associação por um aluno do 3° ano do ensino médio do colégio cearense, que recebeu o material com total indignação.

Numa entrevista ao jornal Folha de S. Paulo, Thales de Sá Cavalcante, superintendente da escola, rebateu a ideia de que o conteúdo é homofóbico. “O colégio Faria Brito, com 77 anos de fundação, nunca foi acusado de qualquer prática de homofobia. Temos, inclusive, professores e alunos homossexuais que jamais sofreram qualquer constrangimento”, disse Cavalcante.

Leia mais no iGay:
Casamento e adoção por homossexuais prometem guerra conhecida no Congresso

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.