Tamanho do texto

Ratinho disse que há "viado" demais nas novelas, e Secretaria de Estado e Defesa da Cidadania pode instaurar processo administrativo contra ele

Na semana passada, o apresentador Ratinho foi algo de inúmeras críticas após postar um vídeo dizendo que havia "viado" demais na televisão brasileira. Após a imensa repercussão, ele até chegou a postar um outro vídeo dizendo que tudo não passava de brincadeira, mas na quinta-feira (4), a Defensoria Pública do Estado de São Paulo decidiu se posicionar contra as declarações preconceituosas e ofereceu uma denúncia administrativa na Secretaria de Estado de Justiça e Defesa da Cidadania. As informações só foram confirmadas nesta segunda-feira (8) pela assessoria de impresa do órgão público. 

Leia também: Casal gay diz ter sido expulso de carro por motorista de Uber após beijo

Ratinho pode receber processo administrativo após postar vídeo com comentários homofóbicos
Reprodução
Ratinho pode receber processo administrativo após postar vídeo com comentários homofóbicos


A Defensoria Pública pede que a Secretaria de Estado de Justiça e Defesa da Cidadania instaure um processo administrativo contra Ratinho e, ao final do procedimento, aplique multa ao apresentador por discriminação homofóbica, com fundamento na Lei Estadual nº 10.948 de 2001, que prevê punições administrativas para pessoas físicas e jurídicas por atos de preconceito por orientação sexual.

O Defensor Público Rodrigo Leal da Silva aponta que a fala do apresentador “é uma verdadeira exposição ampla via internet de ofensas homofóbicas proferidas contra os homossexuais de forma geral, tomando a homossexualidade masculina como algo negativo e ruim que, necessariamente, desqualificaria e depreciaria a programação de uma emissora de televisão”.

Relembre o caso

Toda a confusão começou na semana passada, quando Ratinho causou alvoroço nas redes sociais ao postar um vídeo no Instagram com teor homofóbico. Na mensagem, o apresentador diz: "A Globo colocou ‘viado’ até em filme de cangaceiro, gente. Naquele tempo não tinha viado não. Você acha que tinha?”. Ele fazia referência à minissérie “Entre Irmãs”.

A post shared by Ratinho Oficial (@oratinho) on


E depois continuou: “É muito ‘viado’. É ‘viado’ às seis horas da tarde, é ‘viado’ às oito da noite, é ‘viado’ às nove da noite, é ‘viado’ às dez da noite… Mas é muito ‘viado’! Eu não sei o que está acontecendo. Eu não sei se tem tanto ‘viado’ assim… Ou tem?”.

Leia também: Homofobia: casal se recusa a ser atendido por garçonete lésbica

Vendo a imensa repercussão negativa, ele postou um vídeo tentando se explicar: “Olha, ontem eu fiz um comentário sobre gays nas novelas da Globo e todo mundo comentou e virou viral. Mas, veja bem, em nenhum momento eu quis ofender nenhum gay, até porque eu trabalho com todos eles e todos gostam muito de mim e eu gosto muito deles. Então, não tem nada a ver, eu só fiz uma brincadeira”.  Ele ainda finalizou, mandando um abraço e dizendo que ama todo mundo.  


Leia também: Homofobia: casal de lésbicas alega ter sofrido preconceito em padaria de SP

Agora, é preciso espearar pelo posicionamento da Secretaria de Estado de Justiça e Defesa da Cidadania frente a esse caso de homofobia envonvendo o apresentador Ratinho.