Em clipe, estudantes da Escola Estadual Simon Bolívar mostram como definem a homofobia e entram na campanha #ahomofobiaé. Assista:

Tudo começou quando os alunos da Escola Estadual Simon Bolívar tiveram de fazer um trabalho para a disciplina de Filosofia. Um dos grupos ficou com o tema sexualidade e resolveu abordar também homossexualidade e homofobia. Eles aproveitaram a campanha "A homofobia é...", lançada pelo iGay, e gravaram suas respostas em vídeo. Assista:


SIGA O IGAY NO FACEBOOK

Acompanho o trabalho do iGay e resolvi levar a hashtag #ahomofobiaé para a minha escola e meus colegas. Deu muito certo e agora os professores estão se mobilizando para expandir a ideia (R.V., 17)

"Estudo nesta escola desde 2009, e este é o primeiro ano em que vejo algo do tipo acontecer, e está sendo o meu grupo a puxar isso. A escola está aceitando, os funcionários estão nos dando parabéns pela iniciativa, pois acreditam já ser a hora de falar sobre esse assunto", diz R.V., 17.

"Acompanho o trabalho do iGay e resolvi levar a hashtag #ahomofobiaé para a minha escola e meus colegas. Deu muito certo e agora os professores estão se mobilizando para expandir a ideia", conta.

Uma outra página criada no Facebook também fala de homofobia e usou imagem da campanha #ahomofobiaé. A página se chama Homofobia já Era.

Página no Facebook usou a imagem da cartunista Laerte para a campanha #ahomofobiaé como foto de abertura
Reprodução
Página no Facebook usou a imagem da cartunista Laerte para a campanha #ahomofobiaé como foto de abertura


Quer participar?

Para engrossar o coro antihomofobia, você faz assim: escolhe a palavra ou a ideia que, na sua opinião, melhor completa a frase "A homofobia é...", escreve em um papel com a sua letra e faz uma foto sua com a palavra. Poste no seu Facebook, no Instagram ou onde preferir com a hashtag #ahomofobiaé e você já está na campanha.

Leia mais: "A homofobia é..." veja como 50 personalidades escolheram terminar esta frase


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.