O caso ocorreu no último dia 19 de março no restaurante de comida japonesa Shogá, em Ribeirão Preto, no interior paulista

O restaurante de comida japonesa Shogá fez um pedido de desculpas oficial em sua página do Facebook após um caso de discriminação no estabelecimento. No último dia 19 de março, um funcionário recusou-se a oferecer a promoção destinada a casais a um casal lésbico. Ele explicou que somente casais formados por um homem e uma mulher teriam direito à promoção.

O Shogá assumiu a responsabilidade pelo ato e, como pedido de desculpas, estenderá a promoção (que terminaria em março) até o final de junho "com ordens claras de que o desconto se aplicará a absolutamente todos os casais, sejam compostos por pessoas do mesmo sexo ou não". Leia abaixo o pedido de desculpas na íntegra:

Nota de esclarecimento

Boa tarde a todos os clientes e amigos do Face!

Com relação à situação ocorrida na data de 19 de março de 2015, nós, do restaurante “Shogá”, gostaríamos de nos RETRATAR, PEDINDO DESCULPAS PUBLICAMENTE, perante as clientes envolvidas no fato, e perante todos que de, alguma maneira, tenham se sentido ofendidos.

Shogá Japanese Food estende a promoção até junho
Reprodução/Facebook
Shogá Japanese Food estende a promoção até junho

Gostaríamos de nos desculpar com todas as pessoas que possam ter se sentido constrangidas ou discriminadas, pois reconhecemos nosso erro e culpa em realizar uma promoção que deu margem a interpretações homofóbicas e constrangedoras aos nossos clientes e amigos.

Queremos esclarecer que inicialmente a promoção foi realizada levando em conta única e exclusivamente o fator “consumo por pessoa” (baseado em uma conta aritmética, envolvendo o provável consumo médio de comida por um homem e uma mulher, e o valor do rodízio), sem qualquer malícia ou intenção discriminatória do “Shogá” para com sua fiel clientela.

SIGA O IGAY NO FACEBOOK

Diante desta triste situação, a fim de amortizar a insatisfação e desconforto gerados, nós do “Shogá” decidimos estender a promoção de rodízio para casais – que se encerraria no final deste mês de Março – a qual permanecerá vigente até o final do mês de Junho de 2015, com ordens claras de que o desconto se aplicará a absolutamente todos os casais, seja compostos por pessoas do mesmo sexo ou não.

Queremos esclarecer que não concordamos com absolutamente nenhum tipo de preconceito ou discriminação, de qualquer ordem, sendo certo e que o garçom em questão já foi formalmente advertido.

Até porque, como todos sabem, lidamos com diversos funcionários – pessoas – e estes, infelizmente, estão sujeitos a transmitir informações equivocadas, e que não representam a efetiva posição e opinião do “Shogá”.

Informamos, ainda, que jamais tivemos a intenção de discriminar e causar desconforto a nossos clientes, amigos ou quem quer que fosse, motivo pelo qual sinceramente pedimos desculpas a todos.

Finalmente, diante da dificuldade de contatarmos diretamente as clientes envolvidas no ocorrido, nós fortemente encorajamos – e sinceramente gostaríamos – que as mesmas entrassem em contato com o restaurante, para a adoção de possíveis medidas compensatórias pelos transtornos causados, sendo que nossas portas estão abertas e estamos à completa disposição das mesmas.

Gostaríamos de dizer, por fim, que toda forma de amor é bem vinda no “Shogá”, e, mais uma vez, sinceramente lamentamos pela insatisfação gerada.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.