Teve início na segunda-feira (30) a exposição "A Homofobia é... 50 vozes contra a homofobia". Além do prefeito de São Paulo, estiveram no lançamento personalidades como Marcelo Tas, Eduardo Suplicy, Vera Holtz e Adriane Galisteu

A Prefeitura de São Paulo recebeu nesta segunda-feira (30) a abertura da exposição " A Homofobia é... 50 vozes contra a homofobia ". O prefeito Fernando Haddad, acompanhado da primeira-dama Ana Estela Haddad, parabenizou a iniciativa. "A página da homofobia precisa ser virada na nossa sociedade. É um equívoco pensar que a democracia é o governo da maioria. A democracia é o respeito à diversidade", declarou em seu discurso.

No aniversário de dois anos do iGay, cinquenta personalidades nacionais completaram a frase "A homofobia é...". O resultado ficará exposto no saguão da Prefeitura até o dia 9 de abril. Depois disso, as fotos poderão ser vistas no Conjunto Nacional até o final do mês.

Com a abertura da exposição, tem início também uma campanha anti-homofobia nas redes sociais. Para participar, basta escolher a palavra ou a ideia que, na sua opinião, melhor completa a frase "A Homofobia é...", escrever em um papel com sua letra, fazer uma foto sua com o papel e publicá-la nas redes sociais com a hashtag #ahomofobiaé.

SERVIÇO:

"A Homofobia é... 50 vozes contra a homofobia

Onde:  Prefeitura de São Paulo
Endereço: Viaduto do Chá, n° 15
Quando:  30 de março a 9 de abril

Onde: Conjunto Nacional
Endereço: Av. Paulista, n° 2073 - Térreo
Quando:  10 de abril a 27 de abril

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.