O jogador Michael Sam deu entrevista à Sports Illustrated e foi questionado se outros jogadores se aproximaram dele depois de sua saída do armário.

Michael Sam em entrevista à Sports Illustrated
Reprodução
Michael Sam em entrevista à Sports Illustrated


O jogador de futebol americano Michael Sam deu entrevista à Sports Illustrated e disse que há muitos jogadores homossexuais, como ele, mas nem todos estão prontos para sair do armário. Ele foi o primeiro jogador da NFL a revelar que é gay, no início de 2014, em entrevista ao New York Times.

Ele não quis citar nomes, mas disse que muitas pessoas do mundo esportivo chegaram até ele para contar que também são homossexuais. "É motivador saber que não sou o único", diz.

Ele diz que há uma imagem que o público tem de pessoas que praticam esportes, sobretudo futebol americano "Só porque eu pratico um esporte mais masculino, acham que não existem jogadores gays. Há muitos de nós! Mas eles precisam se sentir confortáveis para sair do armário. Eles devem sair quando estiverem prontos para sair", afirma.

SIGA O IGAY NO FACEBOOK

"Eu respeito os jogadores que vieram até mim e tiveram a coragem de me contar que também são gays, mas eles não têm a mesma coragem que eu de sair do armário", diz. Ele conta que não imaginava a repercussão que sua revelação teria. "Talvez eu tenha sido ingênuo. Talvez eu tenha pensado que era 2014 e as pessoas entenderiam que há jogadores gays na NFL. Mas eu estava enganado. É algo enorme".

Veja também: Lais Souza entra para time dos atletas LGBTs. Veja outros:


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.