A Delta Air Lines é a primeira companhia aérea dos Estados Unidos a estabelecer uma parceria com a organização para promover o turismo LGBT no Brasil.

A Delta Air Lines anunciou sua parceria exclusiva com a Associação Brasileira de Turismo GLS (Abrat GLS), organização que promove o turismo LGBT no Brasil. A parceria com a Delta vai beneficiar os membros da  Abrat nas viagens entre o Brasil e os Estados Unidos.

Veja alguns destinos para LGBTs no Brasil:


"A Delta reconhece a importância de promover a diversidade e está empenhada em buscar e construir relações mutuamente benéficas com a comunidade LGBT", disse Luciano Macagno, diretor da Delta no Brasil.

SIGA O IGAY NO FACEBOOK

"Estamos muito orgulhosos em anunciar esta parceria com a Delta. O turismo LGBT tem um enorme potencial na região e espero que outras empresas percebam isso também", disse a presidente da Abrat, Marta Dalla Chiesa.

Macagno explica que a comunidade LGBT brasileira representa uma grande oportunidade de negócios para o turismo, com despesas de viagem anuais superando 2.500 dólares por pessoa (mais de 7.500 reais).

A Delta oferece informações, ofertas e opções de acordo com as preferências de cada cliente em seu site .   

Nos últimos três anos, a Delta tem apoiado o GNetwork 360, organização LGBT na Argentina. Nos Estados Unidos, a Delta oferece suporte à National Gay and Lesbian Chamber of Commerce, ao GLAAD e a outras organizações.

Sobre a Abrat

A Associação Brasileira de Turismo GLS é uma organização sem fins lucrativos fundada em 2004. Tem o objetivo de promover o turismo gay e lésbico como uma forma de intensificar a inclusão social e eliminar o preconceito e a discriminação.

Em seus 11 anos de existência, a organização cresceu de 11 para mais de 100 membros e conta com instalações, órgãos oficiais de turismo, agências e operadoras de turismo, empresas de mídia e outros serviços para o segmento do Brasil e países vizinhos. A Abrat realiza treinamento de conscientização, campanhas de mídia social, reuniões de negócios e seminários para empresas e organizações que estão interessados na prestação de serviços à comunidade LGBT brasileira.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.