Decisão segue declarações polêmicas de Domenico Dolce contra fertilização in vitro, que incomodaram casais gays. O estilista chamou de "crianças sintéticas" os gerados por este procedimento


O homossexual Giuliano Federico pediu demissão da Swide Magazine, revista de moda da grife Dolce e Gabbana. A decisão veio logo depois das declarações de Domenico Dolce, que chamou as crianças que nascem por fertilização in vitro de "crianças sintéticas". O comentário ofendeu a comunidade LGBT e especialmente casais gays que têm filhos nascidos por esse procedimento.

O cantor Elton John, que tem com o marido, David Furnisch, dois filhos concebidos por meio da fecundação in vitro, atacou as declarações em seu Instagram. Ele disse que nunca mais usará roupas Dolce e Gabbana e pediu boicote à grife.

Em seu Facebook, Giuliano Federico explicou a seus amigos o motivo do pedido de demissão em um post com imagem de um coração partido. Ele diz que as declarações dos estilistas estão "em total conflito com minhas crenças pessoais". 

SIGA O IGAY NO FACEBOOK


Leia a mensagem que Giuliano Federico deixou em seu Facebook:

Queridos amigos do Facebook,


Estou escrevendo para informar a todos vocês que hoje eu apresentei minha demissão como editor-chefe na revista Swide, da Dolce e Gabbana. Foi uma decisão difícil, porém clara. Nos últimos anos, juntamente com a equipe editorial e muitos colaboradores independentes do mundo todo, nós contamos histórias do passado e do presente sobre italianos e a Itália, seguindo o extraordinário caminho de Stefano e Domenico de dar destaque à cultura e às tradições italianas.
Eu acredito que os estilistas deveriam seguir seus caminhos simplesmente criando roupas, mesmo que Stefano e Domenico sempre colocassem, com sucesso, seus valores pessoais em suas coleções.
No entanto, as recentes opiniões pessoais expressas pelos dois estilistas na entrevista para a revista Panorama sobre a ideia de família e a forma como seres humanos devem criar suas próprias famílias, valores que estão no centro do debate político na Itália, estão em total conflito com minhas crenças pessoais e meu comprometimento com os direitos humanos em meu país.
Por esse motivo, eu pedi demissão de meu cargo como editor-chefe na Swide.com. É hora de cada um de nós tomarmos pequenas atitudes por nossas crenças pessoais.
Tenho orgulho de ser italiano, orgulho de nossas tradições passadas, mas acredito que a Itália pode começar a olhar para um futuro mais moderno e igualitário para nossos cidadãos e crianças. Todas as crianças.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.