A maior comunidade presbiteriana nos Estados Unidos vai reconhecer formalmente o casamento entre pessoas do mesmo sexo após décadas de debate

BBC

Com aproximadamente 1,8 milhão de membros, a Igreja Presbiteriana dos Estados Unidos é o maior grupo protestante no País a endossar as cerimônias.

Veja 30 fotos de casamentos gays:


A mudança foi apoiada pelo corpo legislativo da igreja no ano passado, mas requeria aprovação da maioria das denominações dos distritos regionais.

SIGA O IGAY NO FACEBOOK

Um distrito de Nova Jersey enviou o voto crítico na terça-feira.

A nova política da igreja diz: "Casamento envolve um comprometimento único entre duas pessoas, tradicionalmente um homem e uma mulher, para amar-se e apoiar-se pelo resto de suas vidas".

No entanto, a denominação incluiu um adendo de que nenhum clero seria compelido a presidir um casamento gay ou receber tal cerimônia na propriedade da igreja. Um grande número de distritos votou contra a regra.

A Igreja Presbiteriana dos Estados Unidos aprovou a ordenação de pastores gays, presbíteros e diáconos em 2011, o que levou muitos conservadores a abandonar a denominação.

O rompimento pode ter preparado o caminho para a aprovação da união entre pessoas do mesmo sexo.

A mudança será efetivada a partir de 21 de junho.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.