Campanha americana pela diversidade mostra que o amor não tem rótulos e convida público a repensar seus preconceitos

Somos todos humanos. Essa é a mensagem da campanha "Love has no labels" ("o amor não tem rótulos", em português), que ganhou o público nos Estados Unidos. Duas pessoas se beijam atrás de uma tela de Raio X, que mostra os corpos como os esqueletos que, por dentro, todos os corpos humanos são. Quando o casal sai de trás da tela, o público se surpreende ao saber que se trata de um casal lésbico. Ou gay. Ou hetero. Um casal.


Além do casal lésbico e das outras formações, até mesmo crianças, que se abraçam para mostrar o amor entre irmãos. Pessoas de religiões e culturas diferentes também foram convidadas a se abraçar. A experiência foi gravada e o vídeo virou hit nas redes sociais.

Assista ao video:


SIGA O IGAY NO FACEBOOK

O objetivo é mostrar que " antes de tudo, todos somos humanos". "É hora de abraçar a diversidade" e "Vamos colocar de lado os rótulos em nome do amor" são os motes da campanha. 

A campanha é realizada pela empresa Ad Council, que promove anúncios de serviço público nos Estados Unidos.

Saiba mais sobre a campanha "Love has no labels" *

Uma em cada cinco pessoas LGBTs relata sentir pouca ou nenhuma aceitação nos Estados Unidos. Seis em cada dez latinoamericanos dizem que discriminação é um problema grave. A maioria dos afroamericanos não se diz satisfeita com a forma como é tratada na sociedade.

Uma hipótese é que as pessoas estão discriminando de forma não intencional. O preconceito implícito influencia as interações entre as pessoas e pode ter impacto sobre a capacidade de conseguir um trabalho, um empréstimo ou alugar um apartamento. Para acabar com o preconceito implícito, ele precisa ser identificado.

* texto de apresentação da campanha, do site da Ad Council

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.